Dia a dia

Após postar foto de animais silvestres mortos, secretária de educação em Urucará é multada em R$ 10,5 mil pelo Ibama

 

A secretária de educação do município de Urucará (a 259 quilômetros de Manaus), Cliucivane Marques Azedo, foi multada em R$ 10,500 pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), após postar em uma rede social fotos de animais silvestres mortos com a legenda “almoço de domingo”.

A ação do Ibama se deu após o fato ter sido denunciado em um portal de notícias da região, no dia 26 de agosto de 2015.

Por meio de nota enviada à imprensa nesta sexta-feira (4), o órgão esclareceu que postagens com indicativos de consumo, cativeiro e matança de animais silvestres são monitoradas e passíveis de multa no valor de R$ 5.000 por espécime de espécie constante em lista oficial de fauna ameaçada de extinção ou da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Flora e Fauna Selvagens em Perigo de Extinção (Cites).

A imagem foi postada em uma rede social

A imagem foi postada em uma rede social

Não se tratando de espécie ameaçada de extinção, a multa é de R$ 500 por espécime, conforme artigo 24 do Decreto Federal nº 6.514/2008.

Segundo o chefe da divisão técnico ambiental do Ibama, Geandro Pantoja, “causa perplexidade e indignação o fato de uma secretária de educação municipal cometer deliberadamente um crime ambiental em rede social, justamente uma pessoa que tem o dever de educar”.

Ele acrescenta que a secretária tem agora 20 dias para pagar a multa ou apresentar defesa.

“Fatos como este têm sido apurados e punidos exemplarmente pelo Ibama para conscientizar e dissuadir os internautas que pensam que é aceitável consumir animais silvestres e publicar esse tipo de crime ambiental em redes sociais. O fato também será denunciado ao Ministério Público Estadual para apuração no âmbito criminal”, afirmou.
Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir