Dia a dia

Após morte de criança, moradores realizam protesto no Viver Melhor

Os moradores pedem mais segurança e a construção de um posto policial no conjunto – fotos: Mariana Rocha

Dezenas de pessoas participam, na noite desta segunda-feira (10), de um protesto onde exigem mais segurança no conjunto Viver Melhor, na Zona Norte de Manaus. A ação, acontece seis horas após a morte de Julie Gabriel Libório Marinho, de apenas 8 anos, que foi atropelada por um caminhão, na manhã de hoje, na avenida Comendador José Cruz.

Na ocasião, manifestantes interditaram, desde às 17h30, uma faixa da principal via que dá acesso ao conjunto habitacional. Com faixas e cartazes, os manifestantes tentam chamar a atenção da mídia e de autoridades públicas. As famílias pedem investimentos na segurança da comunidade.

De acordo com uma moradora, que prefere não ter o nome divulgado, no local há muitos roubos, acidentes de trânsito e homicídios.

“Aqui na região está demais. A gente não tem mais tranquilidade, estamos expostos a criminalidade e falta policiamento na região. Só é possível ver uma viatura policial quando há crimes, pois os PMs vêm até o local para coletar informações. Fora isso, a gente não tem aquela polícia atuando no combate aos crimes aqui dentro da comunidade”, relatou

O carpinteiro, Francisco Almeida, destacou algumas reivindicações no protesto dos moradores. “Estamos pedindo que seja instalado um posto policial aqui no conjunto, pois é uma região onde há muitos crimes e as nossas crianças estão expostas. Nós não temos segurança nas ruas. Fora isto, até nas escolas as crianças são vítimas da criminalidade. Os bandidos assaltam os alunos em frente à escola”, contou Almeida.

Os policiais da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), responsáveis pela segurança da área, informaram que quatro viaturas policiais e um total de dez PMs acompanham a ação. A movimentação, segundo a equipe, acontece de forma pacífica.

Isac Sharlon

EM TEMPO

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top