Dia a dia

Após matar vendedor de carros no Tarumã, suspeito é preso no Alvorada

RODRIGO_FOTO_JOSEMAR ANTUNES_16-07-15

Rodrigo Martins Rubem, 27, foi preso por meio de policiais civis do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) – fotos: Josemar Antunes

Duas horas após executar com sete tiros o vendedor de automóveis David Campos da Silva, 37, na tarde de quarta-feira (15), por volta das 14h30, na rua Ipanema, comunidade Barra do Cetur, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus, o suspeito do crime, também vendedor de carros Rodrigo Martins Rubem, 27, foi preso no bairro Alvorada 1, na mesma zona da cidade.

A prisão ocorreu por meio de policiais civis do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), por volta das 16h, após investigações no roubo de celulares da casa do desembargador no dia 23 de junho. Rodrigo estava em um veículo modelo Voyage, cor preta, placas NOS-9997, quando foi abordado em frente a um posto de saúde do bairro, onde recebeu a voz de prisão.

De acordo com o diretor do DRCO, Rafael Allemand, Rodrigo havia receptado um dos celulares roubados na casa do desembargador Sabino Marques pelo trio formado por Bruno Coelho Costa, 21, o ‘Bruninho’, Gleison dos Santos, 30, e Mayk Pereira da Cunha, 18, o ‘Maykinho’, que estão presos.

“Nós estávamos atrás do telefone móvel, e descobrimos que o aparelho estava com Rodrigo. Durante o acompanhamento das investigações, recebemos informações que ele tinha envolvimento na morte de David e efetuamos a prisão”, declarou Allemand.

O diretor do DRCO ressaltou que as investigações apontaram Rodrigo como mandante na execução de David, fato ocorrido na tarde de quarta, no Tarumã. O crime estaria relacionado a uma dívida pela venda de um veículo, no qual a vítima havia comprado e não teria quitado a quantia referente à R$ 3 mil.

“Ambos trabalhavam com compra e venda de carros, e David ficou devendo uma quantia de R$ 3 mil a Rodrigo que estava cobrando. A vítima passou então a ameaçar de morte Rodrigo pela cobrança, e este se antecipou uma possível morte e encomendou a execução de David”, disse o delegado.

Na delegacia, Rodrigo confessou que encomendou a morte de David referente à dívida. Os outros integrantes na execução já estão sendo procurados pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e DRCO.

“Como ele conhecia a vítima, chamou para dentro do seu carro e levou até o local, onde aconteceu o crime”, informou Allemand.

Ainda de acordo com Allemand, a delegada do DRCO, Fernanda Antonucci, chegou até o suspeito após investigações apuradas. O delegado confirmou que os dois carros vistos no local do crime, um Palio e uma picape S-10 foram utilizados.

Rodrigo foi autuado em flagrante por homicídio qualificado e receptação de celular e encaminhado a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro, onde ficará a disposição da Justiça.

Por Josemar Antunes

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir