Dia a dia

Após matar soldador a facada, pedreiro é espancado por populares na Zona Norte

O crime aconteceu por volta das 19h, na rua das Flores, comunidade Florestal 2, bairro Monte das Oliveiras – foto: Ana Sena

O crime aconteceu por volta das 19h, na rua das Flores, comunidade Florestal 2, bairro Monte das Oliveiras – foto: Ana Sena

Após ser xingado de “sem dente” e “magrelo”, o pedreiro Francisco da Cruz Gomes Paixão, 33, desferiu uma facada no peito do soldador Jefferson José Pimentel de Souza, 48, que morreu horas depois no pronto-socorro Delphina Aziz. O fato aconteceu por volta das 19h deste domingo (13), na rua das Flores, comunidade Florestal 2, bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte.

Após o crime, Francisco tentou fugir, mas acabou sendo espancado com pedaços de paus e pedras por cerca de 20 moradores. O pedreiro foi levado ao pronto-socorro João Lúcio, onde está internado em estado grave.

Um microempresário de 48 anos, amigo de Francisco, que não quis ter o nome revelado, relatou que Jefferson costumava xingar Francisco com frequência, e alguns minutos antes do crime o soldador chegou a desferir um soco no rosto do pedreiro. “Depois que ele bateu, o Francisco começou a lutar com ele, foi quando o meu amigo puxou uma faca e o esfaqueou “, afirmou.

Ainda segundo o microempresário, o pedreiro tentou fugir, mas os moradores que viram o crime se armaram com paus e pedras e o espancaram com vários golpes na cabeça e no rosto.

Conforme a assessoria de comunicação do hospital, Francisco está em estado grave e sem data prevista para alta médica.

Por Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir