Dia a dia

Após funk relacionado à FDN, PCC proíbe presença de Mr. Catra em São Paulo

Após ter dois vídeos expostos na internet, exaltando a facção Família do Norte, o cantor de funk Mr. Catra publicou um novo vídeo em sua página no Facebook, onde desmente que soubesse se tratar de um grupo criminoso. A  publicação foi realizada no dia 26 de junho e é a primeira resposta oficial desde que as imagens viralizaram na internet.

No novo vídeo, Catra diz que um amigo entregou uma lista de nomes de “amigos” para que ele fizesse a rima. Sobre a expressão “Família do Norte”, ele disse se tratar das pessoas que trabalham com ele e contratam seus shows aqui, sendo apenas um grupo de amigos que construiu no meio musical. Já a respeito da expressão “traficas da Compensa”, o funkeiro afirmou que é um grupo de rap iniciante no bairro, e que estava apenas dando apoio.

Na última quarta-feira (21), dois vídeos viralizaram com Mr. Catra cantando versos em homenagem à Família do Norte, citando os nomes dos traficantes “Ronny”, “Coquinho” e “L7”, além de estimular que meninas se envolvam com os “traficas da Compensa”.

PCC reage

Em resposta aos vídeos, uma publicação supostamente do Primeiro Comando da Capital (PCC), facção rival à FDN, colocou mais lenha na fogueira. Também em uma página do Facebook, possíveis integrantes proibiram que o cantor se apresente no estado de São Paulo, ou mesmo seja convidado por donos de casas de show.

No texto, o autor se refere ao massacre ocorrido em janeiro de 2017, quando dezenas de presos ligados à facção paulista foram executados cruelmente dentro do Complexo Penitenciário Anísio Jobim, em Manaus, dando início à uma sequência de motins sangrentos no próprio Amazonas e em outros Estados, aumentando a rivalidade entre os grupos criminosos. A publicação diz, ainda, que o cantor deve ser levado à cúpula do grupo por qualquer membro que o encontre circulando pela rua.

O Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) da Polícia Civil do Amazonas está investigando o caso. Os policiais querem saber se Catra tem algum tipo de ligação com os integrantes da Família do Norte.

A reportagem tentou contato com a produção do cantor, mas não obteve resposta.

Raphael Sampaio
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir