Sem categoria

Após flagra em vídeo, Carrefour diz que rato em unidade de Manaus foi fato isolado

 

O Carrefour  terá três dias úteis para apresentar defesa e pode ser multado em até 400 UFMs, o equivalente a R$ 33.512 - foto: divulgação

O Carrefour terá três dias úteis para apresentar defesa e pode ser multado em até 400 UFMs, o equivalente a R$ 33.512 – foto: divulgação

A rede de supermercados Carrefour disse na tarde desta terça-feira (29), por meio de sua assessoria, ao EM TEMPO Online, que o episódio no qual um rato foi flagrado em vídeo roendo um pacote de pão integral em sua unidade no bairro Flores, Zona Centro-Sul de Manaus, foi um fato pontual e isolado, que “não condiz com sua política de segurança alimentar, que segue de maneira estrita as normas da Vigilância Sanitária e demais legislações vigentes”.

O vídeo foi gravado pelo músico e jornalista Denilson Novo, 36, e publicado na noite dessa segunda-feira (28) no Facebook, o que gerou grande repercussão entre os internautas.
Durante o registro feito na rede social, o musico escreveu que o vídeo foi gravado por volta das 13h do mesmo dia, no momento em que ele estava fazendo compras no supermercado com a sua mãe.

Ele afirmou ainda na publicação que já tinha presenciado a mesma situação em outros supermercados da cidade, entretanto foi a primeira vez que viu no Carrefour.

“Não costumo publicar esse tipo de conteúdo, mas acredito que todos precisamos exigir um pouco mais de consideração. Sou testemunha presencial dessa cena e resolvi compartilhar para que todos fiquemos em alerta”, comentou o artista.

Em nota, a assessoria da rede informou ao tomar conhecimento do caso, reforçou os procedimentos de higiene e limpeza para o controle de pragas na unidade.
Ainda conforme a nota, os produtos expostos na gôndola foram descartados e o local devidamente limpo em conformidade com as regras de segurança alimentar.


Vistoria

A repercussão do caso ocasionou visita de agentes da Vigilância Sanitária do Município (Visa Manaus) à unidade, durante a manhã de hoje, para uma inspeção.
Segundo o diretor do órgão, Marco Fabris, durante a vistoria não foi constatada a presença de roedores, mas as condições do ambiente, em especial do depósito, exigiram que um auto de infração fosse lavrado.

“O ambiente estava desorganizado, sem higiene e limpeza – fatos que possibilitam o surgimento de insetos e roedores”, explicou.

“Esse tipo de denúncia tem uma grande importância, mas demora um pouco para chegar ao nosso conhecimento. O ideal é que casos como esse, quando identificados, sejam informados imediatamente à Visa Manaus por meio do 0800 092 023”, orientou o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto.

Ele explica que no caso desta denúncia nas redes sociais, a vigilância só tomou conhecimento à noite do fato ocorrido por volta das 13h de ontem. “Teríamos feito a vistoria na mesma tarde, mas pelo horário em que recebemos o vídeo, tivemos que aguardar a abertura da loja nesta terça-feira”, relatou Homero.

O Carrefour  terá três dias úteis para apresentar defesa e pode ser multado em até 400 UFMs, o equivalente a R$ 33.512.

Por equipe EM TEMPO online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir