Sem categoria

Após dez anos, Santa Casa pode reabrir como hospital de tratamento para o câncer

Uma parceria está sendo fechada com o Hospital de Câncer de Barretos, que é uma referência no assunto em toda a América Latina. - foto: Diego Janatã

Uma parceria está sendo fechada com o Hospital de Câncer de Barretos, que é uma referência no assunto em toda a América Latina. – foto: Diego Janatã

O governador José Melo anunciou na manhã desta segunda-feira (29) a criação de uma comissão para reabrir a Santa Casa de Misericórdia e transformá-la em um hospital especializado no tratamento para crianças e adolescentes com câncer.

De acordo com Melo, dentro de 15 dias o relatório com os dados obtidos pela comissão será concluído. Uma parceria está sendo fechada com o Hospital de Câncer de Barretos, que é a maior referência no assunto na América Latina.

“Essa parceria será para que o Hospital de Barretos venha administrar aqui no Amazonas esta casa de saúde. A comissão vai levantar um relatório com os elementos que eu preciso para fazer o ato de desapropriação. Vamos entrar com um projeto e fazer uma reforma bem ampla para transformar num hospital que vai salvar muitas vidas”, disse o governador.

Atualmente o tratamento de combate e prevenção ao câncer é feito na Fundação Centro de Controle de Oncologia (FCecon), entretanto a unidade não possui tratamento especialmente voltada aos pacientes infanto-juvenis.

Em consulta ao site da Santa Casa de Misericórdia, pôde-se obter o levantamento passivo atualizado e o valor total da dívida chega a R$ 7.060.251,44.

Segundo o advogado Tiago Queiroz, que faz parte da comissão interventora da instituição, mais de 70 trabalhadores serão pagos no início do processo. Além disso, um anexo da casa de saúde está sendo planejado.

“O primeiro ato da comissão, tão logo depositada a primeira parcela da desapropriação, é pagar os credores trabalhistas. O projeto será tocado pelo Estado do Amazonas. Nós preservaremos a Santa Casa como instituição, e iniciaremos sim o projeto em outra área da cidade”, disse.

Conforme José Melo, o Estado possui um orçamento de quase R$ 17 bi e em 2015 o valor saltará para R$ 20 bilhões.

De acordo com Melo, ma parceria está sendo fechada com o Hospital de Câncer de Barretos, que é a maior referência no assunto na América Latina. - foto: Cecília Siqueira

De acordo com Melo, ma parceria está sendo fechada com o Hospital de Câncer de Barretos, que é a maior referência no assunto na América Latina. – foto: Cecília Siqueira

“A desapropriação da Santa Casa vai girar em torno de R$ 7,5 milhões e eu espero gastar mais uns 15 ou 20 milhões para transformá-la num hospital que possa atender crianças e jovens, numa parceria público-privada com o Hospital de Barretos”, explicou Melo.

Por Cecília Siqueira (EM TEMPO Online)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir