Sem categoria

Após dez anos no PMDB, Belarmino Lins deixa partido

Belão poderá migrar para o PROS ou para o PSD - foto: divulgação

Belão poderá migrar para o PROS ou para o PSD – foto: divulgação

Há dez anos no PMDB, o deputado estadual Belarmino Lins afirmou ao EM TEMPO, nesta sexta-feira (11), que deixou o partido e pretende migrar para o PROS, partido do governador José Melo ou  para o PSD, do senador Omar Aziz.

“Dei entrada hoje (ontem) no pedido de desfiliação do PMDB. É uma questão de fórum íntimo pessoal. A política é como nuvens, ora branca ou azul. Aproveito a janela eleitoral, mas só devo anunciar para onde vou na semana que vem. Acho que isso não vai abalar a minha relação com o ministro Eduardo Braga, o qual sempre servi com lealdade”, afirmou Belão.

Belarmino disse que essa mudança de partido é uma questão conjuntural e que ele é um parlamentar interiorano, reconhecendo que 75% dos seus votos nas últimas eleições, vieram dos eleitores dos municípios do interior do Amazonas. Questionado sobre a possibilidade de migrar para o partido do governador José Melo, que poderia facilitar suas ações em benefício do interior, Belão foi enfático.

“Preciso ajudar quem contribui com a maioria dos meus votos que vem do interior, onde preciso levar benefícios. Não descarto essa migração governamental. Tenho uma relação de amizade com o governador José Melo. Servimos o governo Braga quando ele era o secretário de governo. Estou avaliando para onde vou que pode ser o Pros ou o PSD”, afirmou em tom de mistério o deputado.

Com a saída de Belarmino Lins, que estava no partido desde 2006, o PMDB perde um representante na Assembleia Legislativa, mas ganhou o reforço da deputada estadual Alessandra Campelo, ex-PCdoB, que juntamente com os deputados Vicente Lopes e Wanderley Dallas vai fortalecer a bancada peemedebista no parlamento estadual.

Por Augusto Costa

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir