Dia a dia

Após denúncias, quadrilha envolvida com o tráfico é presa na Zona Norte

Aproximadamente seis quilos de drogas foram apreendidos - foto: Mara Magalhães

Aproximadamente seis quilos de drogas foram apreendidos – foto: divulgação/PC

A Polícia Civil apresentou na manhã desta segunda-feira (1º), o peruano Pablo Armas Tafur, 45, o lavador de carros Alexandro Barbosa Conceição, 37, e o casal Darlan da Silva Magalhães, 34, e Lismara Melo da Silva, 32. O bando foi preso por tráfico de drogas.

Pablo e Alexandro foram presos na tarde deste domingo (31), em frente a um hotel, na rua dos Andrades, no Centro da capital. Já Darlan e Lismara foram presos na residência deles localizada na rua Lírio da Índias, bairro Novo Aleixo, Zona Norte.

Segundo a polícia, os envolvidos com o tráfico de drogas foram detidos após denúncias anônimas informando que um peruano estava com entorpecentes em hotel no Centro, e que as drogas seriam entregues para uma segunda pessoa, ainda na tarde de domingo (31).

Chegando ao local da denúncia, os policiais ficaram de campana, próximo ao hotel, e no momento que o peruano ia entregar uma sacola para Alexandro, que estava em carro modelo Celta, de cor preta, placa NOY-1979, foi feita a abordagem. Na sacola foram aprendidos 12 tabletes de maconha, do tipo skunk – super maconha-, pesando cerca de seis quilos.

Questionados sobre a origem da droga, Pablo informou que os entorpecentes não o pertenciam e que foi pago para entregar a maconha para o Alexandro. Em troca do serviço, ele receberia a quantia de R$ 3 mil.

Para a polícia, o lavador de carros declarou que foi pegar o material, a pedido de Darlan e Lismara, e que não sabia o conteúdo, pois o casal informou para ele que a mercadoria era açaí e peixe.

Os policiais se deslocaram até a residência do casal, no bairro Novo Aleixo, onde durante revista pela imóvel foi apreendido dois cadernos com a contabilidade da venda do entorpecente e material para preparo da droga.

O grupo foi autuado por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Após os procedimentos serão encaminhados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro.

Por Mara Magalhães (especial EM TEMPO Online)

 

 

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir