Dia a dia

Após denunciar traficantes, adolescente de 15 anos é atingida com tiro no rosto e morre em hospital de Manaus

A menina foi atingida com um tiro no rosto - foto: reprodução/Facebook

A menina foi atingida com um tiro no rosto, na ultima sexta-feira (25)- foto: reprodução/Facebook

A estudante Anna Cristina Rodrigues de Souza, 15, morreu neste domingo (27), no Hospital e Pronto-Socorro Dr. João Lúcio, Zona Leste, em consequência de um tiro que a atingiu no rosto, na última sexta-feira (25), no beco Boa Sorte, bairro São José, também na Zona Leste de Manaus.

De acordo com a polícia, o motivo do crime tem relação com o tráfico de drogas, uma vez que a menina teria denunciado alguns traficantes da aérea e provavelmente por esse motivo foi morta.

Moradores do bairro informaram que a adolescente estava em frente à sua casa quando um grupo de homens chegou ao local. Eles teriam feito ameaças à família da garota, em seguida dispararam em direção à menina.

A estudante foi socorrida e levada para HPS João Lúcio, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã de ontem.

Segundo a polícia, o irmão da vítima, o lavador de carros Luciano Rodrigues de Souza, 22, foi executado com sete tiros na cabeça, também no beco Boa Sorte, no dia 18 de outubro de 2015.

No caso do lavador de carro, segundo a polícia, o crime foi um acerto de contas motivado pelo tráfico de drogas na área.

Familiares da adolescente, informaram à polícia que vinham sendo ameaçados desde junho do ano passado, quando dez homens armados invadiram o beco e atiraram em várias pessoas, causando pânico entre os moradores. Na ocasião, duas pessoas morreram e outras seis ficaram feridas.

Conforme a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), há suspeitas de que os criminosos morem naquela aérea, entretanto nenhum dos suspeitos foi identificado.

Por equipe EM TEMPO online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir