Dia a dia

Após denúncia, polícia prende casal por tráfico, em hotel no Centro, e descobre que homem é suspeito de homicídio

o homem é o principal suspeito de um homicídio ocorrido no dia 5 de novembro, dentro de um hotel na mesma rua onde ele foi preso - foto: divulgação/Denarc

o homem é o principal suspeito de um homicídio ocorrido no dia 5 de novembro, dentro de um hotel na mesma rua onde ele foi preso – foto: divulgação/Denarc

O casal Rosiney Ferreira Pinheiro, 40, e Luciene Prestes Costa, 41, foi preso por volta das 14h deste sábado (7), em um quarto do hotel Magalhães, localizado na rua Lobo D’Almada, Centro de Manaus. A prisão ocorreu após denúncia anônima dando conta de que os dois estavam fornecendo drogas aos pequenos hotéis daquela região.

De acordo com o titular do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Thiago Tenório, o homem é o principal suspeito de um homicídio ocorrido no dia 5 de novembro, dentro de um hotel na mesma rua onde ele foi preso hoje.

No momento da prisão, os investigadores da Denarc encontraram no quarto em que o casal se escondia aproximadamente 500 gramas de cocaína pura, tesouras, plásticos para embalo da droga e balança de precisão, que estavam numa bolsa de pano.

Durante o interrogatório no Denarc, a companheira de ‘Ney’ confirmou ele é o autor da morte de um homem de 20 anos, no hotel City Park, na mesma rua onde os dois foram preso. Segundo a mulher, o rapaz estava com muito dinheiro e ‘Ney` queria a quantia, por isso matou o homem em seguida deu uma surra nela.

Questionada pelo delegado por que resolveu denunciar o companheiro, Luciene respondeu que não aguenta mais apanhar e por isso resolveu dizer a verdade às autoridades competentes.

O casal foi autuado pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico, mas o homem vai responder também por homicídio qualificado. Os dois estão detidos na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), onde aguardam os procedimentos cabíveis.

Por Mairkon Castro

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir