Dia a dia

Após causar morte de motociclista em colisão, motorista tem carro incendiado em Iranduba

O carro foi incendiado após a população ficar revoltada com o acidente – Divulgação/Bombeiro
O mecânico Anderson Marques da Silva, conhecido como “Juca Bala”, morreu após a motocicleta que conduzia ser atingida por um carro modelo Corsa Classic, de placa NOS-9514, na madruga desta quinta-feira (29), no município de Iranduba (a 27 Km de Manaus). O condutor do carro, com sinais de embriaguez,  foi agredido pela população. O carro corsa, pertencente ao motorista, também foi incendiado por populares furiosos com o atropelamento do mecânico. 

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência (BO) que foi registrado no Na 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), o motorista do carro, identificado como Ralhis da Silva Lacerda, 29, conduzia o carro pela avenida Amazonas, quando invadiu a pista contrária e colidiu de frente com a motocicleta de Anderson.

Devido à gravidade da colisão, o motociclista ficou gravemente ferido. Levado desacordado para o Hospital Pronto Socorro 28 de Agosto, em Manaus, não resistiu aos ferimentos e morreu logo após de dar entrada na unidade hospitalar.

O carro teve perda total

Ao perceberem que o motorista do carro estava bêbado, a população se revoltou e passou a agredi-lo até a chegada da Polícia, além de incendiar o carro que causou a morte da vítima. O Corpo de Bombeiros foi acionado para o local para conter as chamas, porém o carro teve perda total.

Ralhis foi preso em flagrante e levado para a 31ª DIP, onde foi indiciado por homicídio culposo (Quando não há intenção de matar). Ele será conduzido ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), situado no KM 8 da BR-174.

Mara Magalhães
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir