Dia a dia

Após briga com padrasto, jovem procura a polícia e diz que é estuprada há 13 anos

Um autônomo de 41 anos é acusado pela enteada, uma estudante de 21 anos, de estuprá-la desde que tinha oito anos. A situação foi registrada no 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na noite do último sábado (1º), após a estudante ter discutido com o padrasto e fugido de uma tentativa de abuso sexual na residência onde moravam, no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus. Em depoimento, a jovem também acusou o homem de abusar da irmã dela, de 11 anos.

Segundo o Boletim de Ocorrência registrado no DIP, durante a tentativa do estupro, a jovem conseguiu empurrar o padrasto e fugir da casa. Ela ainda contou que desde os oito anos é abusada e que, tanto ela quanto a irmã, contaram à mãe sobre os abusos que ocorrem quando a mãe não está em casa. Segundo depoimento da estudante, a mulher não acredita nas filhas.

“A gente chega do colégio e ele nos arrasta pelo braço para o quarto deles”, diz a jovem no BO.

O crime foi registrado no 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP) onde um inquérito policial foi instaurado para apurar o caso. A jovem irá fazer o exame de conjunção carnal no Instituto Médico Legal (IML). Caso seja comprovada a culpa do padrasto, ele será preso por estupro.

Por equipe EM TEMPO online

Com informações de Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir