Cultura

Após ataque, filme sobre atentado na França é retirado dos cinemas

O filme americano “Bastille Day”, do diretor James Watkins (“A Mulher de Preto” e “Sem Saída”), foi retirado da programação das salas de cinema na França após o atentado que matou dezenas de pessoas em festa do Dia da Bastilha, em Nice, na última quinta-feira (14) .

O longa, que desde 13 de julho estava em cartaz em 230 salas no país -véspera do atentato em Nice-, trata de um jovem francês que prepara um atentado no dia 14 de julho. A narrativa apresenta um agente da CIA enviado a Paris para impedi-lo.

De acordo com um porta-voz da distribuidora StudioCanal, Antoine Banet-Rivet, o filme saiu da programação “por respeito às vítimas e suas famílias”.

No dia seguinte ao atentado, contudo, não havia planos de retirar o filme do circuito. Segundo o site da revista “Hollywood Reporter”, a distribuidora havia optado pela retirada apenas das peças publicitárias do longa. No cartaz para a França, o filme era vendido sob a frase “este ano, eles são o fogo de artifício”.

O filme conta a história da investigação policial de uma explosão em Paris. A hipótese de terrorismo acaba sendo descartada, e a narrativa passa a perseguir um caso de corrupção das autoridades.

Sem data para estrear no Brasil, o filme é protagonizado por Idris Elba (“Beats of No Nation” e “Luther”) e Richard Madden (mais conhecido pelo papel de Robb Stark da série “Game of Thrones”).

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir