Dia a dia

Após 21 anos, uma empresa de transportes de passageiros voltará a atuar na BR-319

A empresa aguarda ainda aprovação da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) - foto: divulgação

A empresa aguarda ainda aprovação da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) – foto: divulgação

Vinte e um anos depois, a Aruanã Transportes voltará, a partir da próxima sexta-feira (9), a disponibilizar o serviço de transporte intermunicipal na rodovia federal BR-319. Com a liberação da Agência Reguladora de Serviços Concedidos do Estado do Amazonas (Arsam), a Aruanã retomará o transporte entre a capital e com os municípios do sul do Estado como Humaitá e Lábrea (a 590 e 702 quilômetros de Manaus, respectivamente).

Segundo o diretor da empresa, Flávio Willer, a retomada das linhas para o Sul do Amazonas são um grande marco no desenvolvimento do Estado. “O Estado do Amazonas não pode ficar refém do isolamento. Não podemos perder essa oportunidade da ligação rodoviária do Amazonas com o restante do Brasil”, avaliou.

O superintendente da Arsam, Fábio Alho, disse que essa retomada da empresa ajudará o Estado inclusive no viés de retomada econômica das populações daquela região. “Estamos gerando emprego e distribuição de renda”, observou.

A proposta da Aruanã é manter o preço acessível aos passageiros. A empresa aguarda ainda aprovação da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) para realizar viagem para Porto Velho, em Rondônia.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir