Economia

Petrobras anuncia redução em combustíveis, mas consumidor do AM não deve ser beneficiado

A redução, porém, não deve ser sentida no bolso dos amazonenses – Janailton Falcão

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira (20) a redução de preço da gasolina e do diesel vendidos nas refinarias. O preço do combustível deve cair em 0,4%, valendo a partir desta quinta-feira (21). A redução, porém, não deve ser sentida no bolso dos amazonenses. O anúncio faz parte da nova política de revisão de preços da empresa, que espera concorrer com importadores.

No Amazonas, o preço da gasolina custa, em média, R$ 4,18 – em alguns postos da cidade o valor chega a R$ 4,25. Apesar da redução anunciada pela Petrobras, o preço deve continuar o mesmo no estado. De acordo com o vice-presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis do Amazonas (Sindicam) Geraldo Dantas, o valor anunciado pela empresa é muito baixo e não deve refletir nos postos.

Leia também: Preço da gasolina em Manaus é maior que a média nacional, aponta estudo

“Essas reduções são muito baixas e dificilmente chegam nas bombas”, afirma ele. “Das refinarias até o consumidor existe um grande caminho, 0,4% não chega na linha final”. Caso a redução de 0,4% fosse aplicada nos postos de Manaus, o preço médio de R$ 4,18 cairia para R$ 4,16.

O vendedor Adriano Ricardo lamenta o valor não alterado no estado. “Se não aumenta aqui, eles provavelmente vão ter um lucro e quem sofre é o amazonense”, diz. “Atualmente colocando 50 reais de gasolina não dá para rodar nem um dia”.

 

Em uma pesquisa realizada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP), Manaus possui o 5º combustível mais caro dentre as capitais brasileiras. Trata-se de cerca de 8,57% a mais que o preço médio comercializado no resto do país. O vice-presidente do Sindicam indicou o custo elevado de itens, como o frete, para justificar o preço elevado do combustível no estado.

 

Roger Lima
EM TEMPO


Leia mais:

Novo reajuste da gasolina e do diesel é anunciado

Uber estreia nova categoria de viagens a partir do meio-dia em Manaus

Governo libera nesta quarta abono salarial para professores no AM

1 Comment

1 Comment

  1. JUCA LEVY

    21 de setembro de 2017 at 12:28

    Todos no estado do Amazonas sabe que existem uma Quadrilha(Cartel) especializada em dono de Posto$$$ de Combustivei$$$$$ o preço do Combustivel aumentando consideralvelmente na vdd o POVO vai ter que pagar o A$$ALTO no$$$ COFRE$$$$ DA PETROBRA$$$$$$$$$$,VERGONHOSO,LAMENTÁVEL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir