Sem categoria

Aos gritos de ‘Fora PT’, PMDB deixa governo em reunião de três minutos

A tomada de posição foi articulada pelo grupo do vice-presidente Michel Temer - foto: divulgação

A tomada de posição foi articulada pelo grupo do vice-presidente Michel Temer – foto: divulgação

O PMDB oficializou nesta terça-feira (29) o desembarque da sigla do governo Dilma Rousseff. A decisão foi tomada por aclamação, em reunião presidida pelo vice-presidente do PMDB, Romero Jucá (RR).

Os deputados presentes à reunião entoaram gritos de “Fora PT” e “Brasil, pra frente, Temer presidente”.

A tomada de posição foi articulada pelo grupo do vice-presidente Michel Temer.

Com a decisão sacramentada, ministros peemedebistas já se preparam para deixar a Esplanada dos Ministérios.

A decisão foi tomada após reunião realizada entre Temer e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), considerado o “último bastião” do governismo no PMDB.

Temer não presidiu a reunião que selou o desembarque. Os ministros peemedebistas também não compareceram.

Apesar dos apelos da presidente Dilma e de seu antecessor, Lula, o Planalto não conseguiu conter a tendência de debandada do PMDB, agravada nos últimos dias com a exposição das posições anti-Dilma dos maiores diretórios estaduais da sigla, como Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir