Sem categoria

Ao negar fazer relações sexuais, jovem é espancada brutalmente pelo pai

Edinaldo Alves dos Santos, 38, estava bêbado e drogado, quando pediu para que ela fizesse sexo oral com ele, sua própria filha. foto: Janailton Falcão

Edinaldo Alves dos Santos, 38, estava bêbado e drogado, quando pediu para que ela fizesse sexo oral com ele, sua própria filha. foto: Janailton Falcão

Depois de negar constantemente os pedidos do pai para fazer sexo, a vendedora Kellen Regina Silva dos Santos, 23, foi espancada a pauladas no início da tarde deste domingo (13), na rua das Cravitas, bairro Nova Floresta, Zona Leste de Manaus.

A vítima informou que o pai, Edinaldo Alves dos Santos, 38, estava bêbado e drogado, quando pediu para que ela fizesse sexo oral com ele na noite do último sábado (12). Após ter o pedido negado, o pai começou a xingar a filha com palavras de baixo calão.

Ao retornar a sua casa na manhã deste domingo, Kellen foi novamente assediada pelo pai por meio de ameaças para que fizesse sexo com ele.

Depois de ter assediado a filha pela segunda vez, o pai começou a espancar a jovem com uma estaca de madeira. A mulher ficou com vários hematomas pelo corpo.

“É a segunda vez que ele faz essas propostas indecentes de assédio e tem este tipo de atitude. Como neguei, ele começou a me espancar. Por causa disso, eu e a minha mãe saímos de casa”, revelou a vendedora.

Conforme a vítima, antes de agredi-la, Edinaldo tentou a força levar a filha para o matagal para praticar o ato sexual, nas proximidades da residência, quando pediu por socorro.

Policiais militares da 14ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) atenderam a ocorrência e encaminharam o homem ao 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Por se tratar de violência contra a mulher, o acusado foi conduzido para a Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM), situado na Zona Centro-Sul da capital. Até o fechamento desta postagem, por volta das 18h, o homem continuava detido.

 

Por Josemar Antunes

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir