Política

Ao lado de Braga e Rotta, Arthur oficializa candidatura à reeleição para prefeitura de Manaus

Arthur Neto afirmou que a aliança com o PMDB foi em função de um acordo com o presidente interino Michel Temer - foto Márcio Melo

Arthur Neto afirmou que a aliança com o PMDB foi em função de um acordo com o presidente interino Michel Temer – foto Márcio Melo

Com a presença do senador e presidente estadual do PMDB, Eduardo Braga, e de mais 300 militantes, o prefeito Arthur Neto (PSDB) oficializou sua candidatura para reeleição a prefeitura de Manaus, com o deputado federal, Marcos Rotta (PMDB), para ser vice na sua chapa.

A convenção que foi realizado na quadra da escola de samba do Vitória Regia, contou com a participação da ex-deputada Rebeca Garcia (PP) e Roberto Sabino (PTB), além de vereadores e lideranças de todos os partidos que fazem parte da coligação.

As siglas como PSDB, PMDB, PP, PTB, PHS, PV, PPL, PRP, PSL, PTN, Novo, lançarão chapa própria para proporcionais.

Arthur Neto (PSDB), afirmou que a coligação com o PMDB foi em função de um acordo com o presidente interino Michel Temer e que agora o principal foco para sua campanha é resolver as dificuldades de Manaus.

“Nossa base é cuidarmos dos problemas da cidade, prestar conta do que fiz, explicar o que eu não pude fazer por conta da crise que foi terrível, falar o que vamos fazer nesse momento com o recurso que conseguimos e deixar bem claro que nós temos sonhos realizáveis para o futuro. Me agrada muito no Marcos Rotta a maturidade que ele tem e que vai crescer quando assumirmos juntos o governo municipal”, pontuou.

O vice de Arthur, Marcos Rotta, declarou que a aliança é um projeto maior, não político, e segundo ele acima de tudo em favor do povo da cidade de Manaus.

“Juntos vamos somar os nossos pensamentos, filosofias e nossos ideais e nossas diferenças. Estamos aqui para construir em favor da cidade de Manaus. Isso é fruto do dialogo, da negociação”.

O prefeito e atual candidato a reeleição Arthur, aproveitou para destacar a presença do senador Eduardo Braga (PMDB), afirmando que não há charlatanice na oficialização da aliança. “Como aqui não é a turma do esconde, o senador está aqui e eu chamei e não tem fingimento”, disse.

De acordo com o Eduardo, aliança feita entre os dois partidos foi por Manaus e pelo bem do povo, sob os pontos de convergência. Ele ainda destacou que as diferenças com Arthur foram deixadas de lado em prol da cidade.

“Nossas indiferenças existiram publicamente, mas a nossa tendência é para o momento de dificuldade, onde o desemprego é grande na cidade de Manaus. Estamos disputando para prefeito e esperamos que o Arthur e Rotta, possam ter uma grande vitória e oferecer propostas importantes na saúde infantil, segurança e plano de mobilidade urbana”, ressaltou.

Quando perguntado sobre o que motivou PSDB e PMDB se unirem, Eduardo disse que partiu de um ponto de sensatez. “A partir do momento que aqueles que não queriam fazer por Manaus se manifestaram contra o povo, fechando os SPA´s, CAICS e policlínica. Eu me me posicionei contrário e o Arthur também. Estamos aqui para lutar por melhorias e conquistas. E dizer não a esses fechamentos e dizer sim ao futuro e esperança pelos dias melhorias para nosso povo. É uma união de uma luta maior”, finalizou o senador informando ainda que terá participação direta na campanha.

Por Diogo Dias

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir