Sem categoria

Antes do Festival: Operação ‘Triatox’ prende 12 por tráfico, em Parintins

Dos 38 mandados de prisão, um total de 12 foram cumpridos durante este fim de semana, sendo que um dos suspeitos foi liberado por falta de provas – foto: divulgação

Dos 38 mandados de prisão, um total de 12 foram cumpridos durante este fim de semana, sendo que um dos suspeitos foi liberado por falta de provas – foto: divulgação

Um total de 12 pessoas foi preso neste fim semana, em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), durante a ‘Operação Triatox’, realizada pelas polícias Civil e Militar. A ação busca reduzir a criminalidade e o tráfico de drogas antes do início do Festival Folclórico.  

Com apoio de um helicóptero do Departamento de Operações Aéreas (DOA), a ação foi comandada pelos delegados Carlos Augusto Monteiro, diretor de Polícia do Interior da secretaria de Segurança Pública, Bruno Fraga, titular da 3ª Delegacia Interativa de Parintins (DIP), e Reinaldo Figueira, delegado adjunto de Parintins.

Ao todo, eram 28 mandados de busca e apreensão da Operação Triatox. Dos 12 suspeitos encontrados pela polícia, apenas 11 continuam presos. Com eles, a polícia apreendeu drogas, dinheiro, aparelhos celulares, armas, munições, televisores e outros objetos utilizados para misturar na composição da pasta base de cocaína.

A polícia só revelou o nome de quatro presos: Natan Picanço Batista, 35 (que portava uma espingarda calibre 20), Afonso Henrique Pereira Teixeira, 29 (que possuía uma quantia em dinheiro não revelada e uma balança de precisão para pesar a droga), Carliane Azevedo Figueiredo, 25 (que estava com drogas e R$ 330 em dinheiro) e Jefferson Ribeiro e Ribeiro.

Este último foi o liberado porque a polícia não encontrou nada com ele.

“Trabalho conjunto”

O delegado Carlos Augusto Monteiro, diretor de Polícia do Interior, classificou a operação como um sucesso. “Essa operação aqui em Parintins é resultado do trabalho conjunto entre as Polícias Civil e Militar em defesa da sociedade e mostrando que o combate ao crime é permanente”,  comemorou.

O delegado Bruno Fraga, titular do 3º DIP, disse que o êxito da operação se deve ao trabalho unido das Polícias Civil e Militar.

“Aqui, a polícia não brinca com traficante e em parceria com a Polícia Militar vamos estar vigilantes e trabalhando sempre para garantir a segurança da sociedade civil”, afirmou.

O delegado Reinaldo Figueira explicou que a operação foi batizada de Triatox tendo como referência ao remédio aplicado para remover carrapatos do boi. No caso, a polícia removeu quem estava tentando prejudicar o “boi de pano”, que é o Festival Folclórico de Parintins realizado na cidade na próxima semana.

De Parintins, por Tadeu de Souza (Jornal EM TEMPO)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir