Dia a dia

Antes da inauguração, pais são orientados sobre funcionamento de creche na Zona Centro-Sul de Manaus

 A reunião levou aproximadamente duas horas e contou com a presença de cerca de 60 pessoas – foto: divulgação


A reunião levou aproximadamente duas horas e contou com a presença de cerca de 60 pessoas – foto: divulgação

No próximo dia 10 de outubro, a Prefeitura de Manaus inaugura a Creche Municipal Luzenir Farias Lopes, no bairro São Sebastião, Zona Centro-Sul de Manaus, aumentando para 14 o número de unidades que atendem essa modalidade de ensino.

Nesta segunda-feira (3), pais e responsáveis das mais de 150 crianças que estudarão na unidade escolar receberam orientações sobre o processo de adaptação das crianças e do conteúdo pedagógico que será repassado aos alunos.

A unidade possui uma estrutura composta de oito salas de aula, com espaços pedagógicos contendo: solário, trocador, banheiro com escovador e espaço de sono/descanso. O lugar conta ainda com pequeno anfiteatro, refeitório, área de recreação, além de espaços administrativos. A equipe pedagógica da creche é composta por pedagogos, nutricionista, técnico de enfermagem e assistente social.

Dos 120 alunos atendidos pela unidade, 90 estudarão em período integral, ou seja, passarão o dia inteiro na creche, e 30 em horário parcial, nos turnos matutinos e vespertinos.

Segundo a gerente de creche, Wissilene Brandão, o primeiro contanto com os pais buscou destacar o processo de adaptação das crianças, explicar como será o comportamento delas no ambiente escolar e, principalmente, apresentar as atividades pedagógicas desenvolvidas na unidade escolar.

A reunião faz parte do  programa ‘Creche e família: um casamento na saúde  e no educar’, desenvolvido em todas as creches da rede municipal de ensino. “Considerando esta entrega da creche à comunidade, a ideia foi orientar que a creche é um lugar que serve, prioritariamente, para desenvolver habilidades e competências das crianças” explicou a gerente.

Reunião
Durante a orientação, os técnicos da Secretaria Municipal de Educação (Semed) destacaram palavras como: compromisso, responsabilidade e dever.  A reunião levou aproximadamente duas horas e contou com a presença de cerca de 60 pessoas.

Uma delas foi a dona de casa Márcia Fernanda, mãe do aluno Pietro Kaleo, de 1 ano e 8 meses. “Gostei de tudo o que foi esclarecido. Me chamou atenção o processo de adaptação, pois pensei que fosse mais simples” disse Márcia.

Já o pai do aluno Fernando Elias, de 2 anos, o segurança Fábio Elias Batista, afirmou que nas orientações passadas durante a reunião foi possível perceber que as crianças serão bem assistidas. “A reunião ajudou a esclarecer muita coisa. Deu para perceber que nossos filhos terão todo um apoio assistencial”, percebeu.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir