Esportes

Anderson Silva perde para Cormier por decisão unânime dos juízes no UFC 200

Longe de sua melhor forma física, o brasileiro Anderson Silva, o “Spider”, foi derrotado pelo americano Daniel Cormier, campeão dos meio-pesados, por decisão unânime dos juízes neste sábado (9), em Las Vegas, nos EUA, no UFC 200.


O resultado para parte do público em Las Vegas já era esperado, já que o brasileiro se ofereceu para lutar com o americano faltando apenas dois dias para o combate. Jon Jones, que disputaria a unificação do cinturão da categoria com Cormier, caiu em exame de antidoping.

Apesar do pouco tempo de preparo para a luta, Anderson deu trabalho para Cormier. O americano apostou em sua luta no chão desde o primeiro assalto. No segundo round, Anderson Silva arriscou seus chutes e foi superior em alguns momentos do combate, mas Cormier levou a luta mais uma vez para o chão.

No terceiro e último round, Anderson Silva, já demonstrando cansaço, acertou um chute na linha de cintura de Cormier e tentou uma cotovelada de baixo para cima. O americano partiu para a derrubada e usou o seu wrestling e sua maior força física. Anderson se defendia no chão, evitando ser golpeado ou finalizado.

Antes do anúncio dos juízes, Anderson foi ovacionado pelo público em Las Vegas, e foi abraçado por Cormier no octógono, em um gesto de respeito.

Com a derrota, Anderson Silva segue longo período sem vencer no UFC. O ex-campeão não vence uma luta desde outubro de 2012, quando nocauteou Stephan Bonnar no Rio de Janeiro.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir