Dia a dia

Amigos e familiares promovem feijoada solidária

 

Andréia sofre de uma doença rara chamada "Aplasia de medula óssea" - foto: arquivo pessoal

Andréia sofre de uma doença rara chamada “Aplasia de medula óssea” – foto: arquivo pessoal

Um grupo de amigos e familiares promove neste sábado (22), por volta de 11h30, na rua Belo Horizonte, Adrianópolis, Zona Centro-Sul, a primeira Feijoada Solidária em prol da dentista Andréia Di Paula Lira Bomfim, 28. Andréia espera por um transplante de medula óssea, no Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG), em Curitiba, Paraná.

De acordo com o esposo da paciente, Israel Taluch, 31, a iniciativa do grupo é arrecadar dinheiro para custear os procedimentos cirúrgicos e também a estadia dos acompanhantes da paciente.

“Nós nos reunimos e decidimos, familiares e amigos, promover essa ação para ajudar a minha esposa, que necessita deste transplante. Esperamos que as pessoas se sensibilizem e mostrem o amor pelo semelhante”, disse.

Andréia sofre de uma doença rara chamada “Aplasia de medula óssea”, adquirida após a gravidez. Ela descobriu a doença há cerca de quatro meses e desde então luta para se manter viva.

Os valores da feijoada solidária são de R$ 40 (bufett) por pessoa e meia-entrada no valor de R$ 20. O evento acontece próximo a academia Cássio.

Por Josemar Antunes

 

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir