Sem categoria

Amigos e familiares de grávida atropelada na Zona Sul realizam ato neste sábado

A jovem estava grávida de seis meses e morreu após ser atropelada na madrugada da última sexta-feira (14) - foto: Janailton Falcão

A jovem estava grávida de seis meses e morreu após ser atropelada na madrugada da última sexta-feira (14) – foto: Janailton Falcão

Amigos e familiares de Alessandra Solart Amorim, 24, a jovem grávida de seis meses que morreu após ser atropelada na madrugada da última sexta-feira (14), na Zona Sul, realizarão uma mobilização no local do acidente. O ato acontecerá a partir das 9h deste sábado (22).

O irmão de Alessandra, Jorge Adriane Solart Rodrigues, 31, também foi atingido e se encontra internado em estado grave na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lúcio, na Zona Leste.

A ação será realizada em prol de manifestar repúdio à violência no trânsito e também para exigir uma punição mais severa, por parte do Estado, contra o motorista responsável pelo acidente, Gleidson Sena Amaral, 27, indiciado por homicídio culposo (quando não há intenção).

Eles pedem que o Estado reveja a pena e, assim, Gleidson responda por duplo homicídio doloso (intencional), além de responder por tentativa de homicídio – visto que Jorge Adriane se encontra em estado gravíssimo na UTI, podendo vir a óbito a qualquer momento.

Estado de saúde de Jorge Adriane

Segundo nota da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam), Jorge Adriane permanece internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) em estado grave.

Porém, de acordo com a equipe médica, o paciente apresentou melhora do quadro clínico nas últimas 24h.

Conforme o tio das vítimas, Orleison Alisson Figueira, 37, o sobrinho se encontra em coma induzido, correndo também o risco de ter uma das pernas amputadas. “Ele está na mesma. Nada mudou. O médico vai realizar uma avaliação nele hoje para saber se houve alguma melhora, mas já sabemos que meu sobrinho pode ter uma das pernas amputadas”, disse.

O acidente

No momento do acidente, Alessandra e seu irmão, Jorge Adriane, atravessavam a faixa de pedestres quando foram atingidos por um Palio de cor prata, placa JXI-6717, conduzido por Gleidson. O fato aconteceu na avenida Rodrigo Otávio, próximo a Bola da Suframa, bairro Japiim, na Zona Sul.

Segundo os familiares das vítimas, Alessandra seguia para o Hospital e Maternidade Santo Alberto para realizar exames de rotina pré-natal. A jovem foi arrastada por cerca de 50 metros e ficou presa embaixo do carro, morrendo na hora.

Na ocasião, Jorge Adriane também foi atingido e ficou gravemente ferido, sendo socorrido pelo Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) e encaminhado ao HPS Dr. João Lúcio, na Zona Leste.

Por Narel Desiree

1 Comment

1 Comment

  1. ISRAEL

    21 de agosto de 2015 at 17:26

    sabe é muito revoltante ! esse bandido ficar solto ! é uma pouca vergonha essas autoridades ! o cara mata e vai ficar solto pra matar de novo! deveria ele atropelar esse q vai soltar ele!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir