País

Ameaça de bomba fecha estações de trem em SP

As estações Guaianases e Corinthians-Itaquera da linha 11-coral da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) ficaram fechadas por quase cinco horas nesta sexta (11) devido a ameaças de bombas.

A primeira a ser esvaziada e fechada foi a de Guaianases, por volta das 6h. Na estação, a PM diz que foi encontrada uma sacola com celular. Por volta das 6h30 foi a vez da estação Corinthians-Itaquera receber um alerta de bomba e ser esvaziada. No local, a polícia achou numa lixeira três tubos enrolados com fita crepe.

Por volta das 9h40, a polícia foi acionada para verificar um artefato no estacionamento da estação Brás, da linha 3-vermelha do Metrô, que faz baldeações para as linhas 11-coral e 10-turquesa da CPTM. A circulação entre Brás e Tatuapé, das linhas 11-coral e 12-safira, ficou interrompida entre 10h30 e 10h50. As bombas eram falsas.

Na linha 8-diamante, na região de Itapevi (Grande SP), um carro invadiu o trilho próximo à estação Engenheiro Cardoso e foi atingido por um trem lotado de passageiros.

A CPTM disse, em nota, que o motorista não obedeceu a sinalização e invadiu a passagem em nível. O motorista morreu no local e o passageiro, que teve ferimentos leves, foi socorrido.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir