Sem categoria

Amazonense vence campeonato nacional de SUP

Pablo também surpreendeu ao participar da etapa brasileira da principal competição de stand up padle do mundo, a Battle of the Paddle - foto: divulgação

Pablo também surpreendeu ao participar da etapa brasileira da principal competição de stand up padle do mundo, a Battle of the Paddle – foto: divulgação

De remada em remada, o amazonense Pablo Casado, 38, vai conquistando seu lugar entre os principais atletas do stand up paddle no Brasil. No último final de semana, Pablo conquistou um resultado inédito para o Estado. Ele ganhou o título do Pantanal Extremo 2015, na categoria unlimitede. A competição foi disputada entre os dias 12 a 15 de novembro, em Corumbá, no Mato Grosso). Foram duas horas e 18 minutos remando para superar 30 quilômetros de prova.


Pablo também surpreendeu ao participar da etapa brasileira da principal competição de stand up padle do mundo, a Battle of the Paddle (‘batalha do remo’, em tradução livre do inglês). O amazonense foi vice-campeão. Outro resultado também inédito foi obtido em Florianópolis, Santa Catarina, onde con-quistou o segundo lugar na categoria 14 pés, a mais rápida e disputada do esporte.

“O título veio para fortalecer nosso trabalho. Saí remando de Manaus a Parintins (distante 369 quilômetros da capital), onde foi minha maior expedição, o que me deixou mais forte. Em cima da prancha esse circuito brasilei-ro rendeu bons frutos, apesar da prova ser considerada a mais difícil do circuito brasileiro, porém, foi a prova em que mais me preparei. Tanto que tenho maior carinho e determinação por ela. Foi a realização de um sonho”, conta.

Sobre a conquista, Pablo comentou. “Venho trabalhando profissionalmente há quase 2 anos, participando das competições em nível nacional, e foi um resultado que chegou rápido, confesso que não es-perava um resultado tão expressivo com tão pouco tempo do circuito brasileiro”, revela.

O amazonense também conquistou o terceiro lugar da penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de SUP, assumindo a terceira colocação do ranking nacional. Agora, Casado tem chance até de ser campeão nacional em sua categoria se ganhar a última etapa no ano, que será realizada no Rio de Janeiro, no dia 13 de dezembro. “Estou participando das competições em nível nacional há dois anos. Então, foi um resultado que chegou rápido. Eu não esperava um resultado assim tão expressivo, com tão pouco tempo de circuito brasileiro”, comenta o craque das pranchas.

Neste ano, o atleta amazonense já tinha sido notícia ao fazer o trajeto de Manaus a Parintins) de stand up paddle e subido a posto mais alto do pódio na etapa brasileira de uma das mais importantes competições de SUP do mundo: o Aloha Spirit. “Gostaria de agradecer aos meus patrocinadores, Gover-no do Estado do Amazonas, Prefeitura de Manaus e Hebron Logística, e a todos que acreditaram no nosso trabalho”, finaliza Pablo.

Mais do que buscar novos títulos na modalidade no cenário nacional, o amazonense tem outro objetivo para a próxima temporada. De acordo com Pablo, a ideia é alavancar um de seus projetos para levar o SUP para o interior do Amazonas. “O projeto Superar. Esse é o meu principal foco também para o ano que vem. Quero levar o SUP para o interior do Estado, montar base nos principais municípios do Amazonas, ensinando uma profissão para as pessoas, difundindo o turismo naquela região e peneirando talen-tos”, destaca.

Por Lindivan Vilaça

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir