Esportes

Amazonense disputará cinturão do Shooto Brasil

PODIO_2_TOURINHO-(3)

O apelido de Fernando Tourinho surgiu após a mudança para a casa do professor de boxe, onde ele e a mãe moravam de aluguel – foto: divulgação

O amazonense Fernando Silva ‘Tourinho’ será um dos destaques da 65ª edição do Shooto Brasil, que será realizada no dia 31 de julho no Clube Hebraica Rio, Zona Sul do Rio de Janeiro (RJ). A disputa da vez será pelo cinturão dos moscas contra o carioca Romario Maranhão, e será transmitida pelo canal de Tv a cabo Combate.


Em busca de um bom desempenho no ringue, Tourinho mudou-se para o Rio de Janeiro no início deste ano e desde então está sob os cuidados do técnico Dedé Pederneiras, na academia Nova União, mesmo local onde os amazonenses do UFC José Aldo Júnior e Dileno Lopes treinam.

“Estamos em reta final para o Shooto Brasil, e poder me especializar ao lado de grandes nomes do MMA é um privilégio e me fortalece cada vez que aprendo algo novo. Sei que estou em boas mãos, agora é mostrar o que aprendi e ter um bom desempenho dentro do ringue, garantindo mais uma vitória para o meu Amazonas”, declarou Tourinho que é especialista em boxe e no jiu-jítsu.

Esta será a segunda participação do amazonense no Shooto Brasil. A primeira disputa no evento brasileiro foi realizada no dia 6 de dezembro do ano passado, onde ele venceu o paraense Luiz Carlos por decisão unanime dos jurados. Em seu cartel de lutas, ele tem 6 vitórias, 2 empates e apenas uma derrota no MMA. Já no boxe, ele tem 8 lutas e em todas foi vitorioso.

Nos passos do ídolo

Fernando Tourinho vem seguindo o mesmo caminho que José Aldo Júnior um dia percorreu. Morador do bairro Alvorada e aluno de Márcio Pontes (Nova União/MPBJJ), mesmo treinador do campeão do UFC em Manaus, ele pensa em um dia consolidar uma carreira repleta de vitórias assim como o ídolo.

“Moro bem próximo de onde o José Aldo morava, e ter a chance de percorrer um caminho parecido com o que ele um dia traçou é um privilégio. Tenho o sonho de um dia consolidar uma carreira cheia de vitórias como a dele, e treinar com os mesmos técnicos que um dia ele treinou já é um bom começo”, disse Tourinho que tem o sonho de viver do esporte e proporcionar uma vida melhor para sua família que há 19 anos não tem casa própria.

“Espero um dia proporcionar uma vida melhor para minha mãe, e garantir tudo o que ela merece ter, que é uma vida de qualidade, longe do aluguel e da dificuldade financeira”.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir