Dia a dia

Amazonastur começa trabalhar o ordenamento turístico para o Festival de Parintins de 2016

As ações começaram na segunda-feira, dia 11 de abril, e prosseguem até o próximo dia 15 (sexta-feira) - foto: divulgação

As ações ordenadas ao turismo começaram na segunda-feira (11) de abril, e prosseguem até o próximo dia 15 (sexta-feira) – foto: divulgação

O Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), começou os trabalhos para implementar as ações de ordenamento turístico voltado para o Festival Folclórico de Parintins 2016. As ações começaram na segunda-feira, dia 11 de abril, e prosseguem até o próximo dia 15 (sexta-feira).

De acordo com a presidente da Amazonastur, Oreni Braga, os técnicos do Órgão realizarão reuniões com o trade municipal, com as secretarias de Turismo, de Feiras e Mercados, de Terras, de Ação Social, de Educação Municipal e Estadual, Sebrae, UEA, Senac, Cetam, Associações dos Bois, Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas e conselhos tutelares.

“As ações propostas envolvem vistorias nos meios de hospedagem, a criação de uma feira de artesanato ao entorno da Igreja do Sagrado Coração de Jesus, palestras de sensibilização no combate à exploração de crianças e adolescentes na atividade turística, uma oficina de sensibilização para o turismo e o Cadastur, cursos de atendimento ao turista e sobre o procedimento de atracação dos cruzeiros durante a temporada”, detalhou Oreni Braga.

A Amazonastur ainda pretende realizar visitas nas comunidades da Valéria e Zé Açú, com o objetivo de criar novos passeios fluviais turísticos naquela região. “Estamos trabalhando a viabilidade da realização de uma exposição dos Bois Mirins e também pretendemos atualizar o inventário turístico do município”, destacou a titular do Órgão Estadual de Turismo.

O secretário de turismo de Parintins, Zezinho Faria, disse que as ações da Amazonastur chegaram em boa hora. “Os bois cuidam das apresentações deles na arena e nós, com o apoio fundamental do Governo, por meio da Amazonastur, faremos o resto. O País passa por uma crise econômica política e financeira muito grave e precisamos da união de todos para fazer um grande festival”, completou.

 Azul ou Vermelho

Outro projeto que a Amazonastur começou a viabilizar é o chamado “Parintins nas Cores da Tradição”. Pelo menos 300 casas, nas principais ruas do municípios, receberão uma caracterização especial. “Parintins tem um centro histórico muito movimentado e a ideia é que a gente, em parceria com a Prefeitura e empresas privadas, possa pintar a fachada dessas residências com as cores dos bumbá, ou seja, azul e vermelha, claro, de acordo com o dono da casa”, explicou Oreni.

Da redação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir