Dia a dia

Amazonas participará de Conferência Mundial de Bicicletas na Holanda

                                         Encontro de Bicicletas em Manaus – Foto: Divulgação

O Amazonas estará me evidência na maior conferência mundial que discute mobilidade ativa, o Velocity 2017, que ocorre de 13 e 16 de junho, nas cidades de Arnhem e Nijmegen, na Holanda. Da capital, seguem para o evento Paulo Aguiar, Nádia Aguiar e Mariléia Seixas, que vão apresentar o projeto ‘Pedala Maninho’, escolhido para representar a região Norte.

O Velocity 2017 é fórum de referência mundial na formulação e na promoção de políticas públicas voltadas para a bicicleta e reúne pessoas de vários países. Ao todo, este ano, foram enviados mais de 720 propostas de trabalhos do mundo inteiro.

Do Brasil, foram mandados mais de 70 propostas e, destes, apenas 14 foram selecionados, sendo o ‘Pedala Maninho’ pela região Norte, um da região Nordeste e os 12 restantes das demais localidades do País.

“É a primeira vez que um estado e uma cidade do Norte tem um trabalho selecionado neste fórum. Isso é importantíssimo”, disse Paulo Aguiar, coordenador do Pedala Maninho e integrante do Pedala Manaus, grupo que defende a bicicleta como meio de transporte, lazer e esporte. Segundo ele, a apresentação no fórum será de um modelo de projeto social desenvolvido em Manaus, que é realizado por voluntários e tem como objetivo levar a valorização dos usuários da bicicleta nas periferias da capital.

“Nós realizamos esse projeto de inclusão social há cerca de três anos. Fazemos também oficinas de recuperação e doação de bicicletas e acessórios, além de promover palestra sobre ciclomobilidade para adultos e crianças”, comentou Aguiar.

Não é de hoje que é Pedala Maninho vem rendendo bons frutos. Em abril, o projeto foi apresentado durante o Fórum Mundial da Bicicleta, no México.

Neste congresso, dois trabalhos do Pedala Manaus foram selecionados. “Para gente é sensacional ir para este evento, é uma confirmação que todo o nosso trabalho que está sendo desenvolvido em prol da bicicleta tem surtido efeito e tem resultados muito relevantes, porque para nós termos um trabalho reconhecido num evento como esse, que acontece na Europa onde o tema bicicleta está há anos luz na nossa frente, é extremamente gratificante, nos deixa orgulhosos como movimento e como cidadãos”, pontuou o coordenador.

Com informações de assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir