Economia

Amazonas fecha 44 mil empregos em menos de um ano

No país, foram fechadas mais de 118 mil vagas de trabalho - foto: divulgação

No país, foram fechadas mais de 118 mil vagas de trabalho – foto: divulgação

O número de empregos continua em queda no Amazonas. Em março, o Estado fechou 3.591 empregos celetistas, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que foram divulgados ontem (22).

A retração em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada do mês anterior foi de 0,84%. O principal destaque negativo foi a indústria de transformação, que eliminou 1.812 postos.

Na série com ajustes, nos últimos 12 meses verificou-se redução de 9,50% no nível de emprego ou -44.225 postos de trabalho.

Nacional

Pela primeira vez desde 1999 o mês de março registrou saldo negativo no número de postos de trabalho. Neste ano, em todo o país, foram fechadas 118.776 vagas de empregos formais, segundo relatório divulgado ontem pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

A queda é resultado do declínio do emprego em praticamente todas os setores da economia. A exceção é a administração pública, o único setor que apresenta criação de vagas, com saldo positivo de 4.335 postos de trabalho.

Em março de 2015, o saldo entre a abertura de novos postos e o fechamento indicou uma criação líquida de 19.282 de vagas formais.

Nos dois meses anteriores também foram registradas fechamento líquido de vagas.

 

Da redação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir