Dia a dia

Amamentação e desenvolvimento sustentável serão foco do Agosto Dourado

O tema desse ano é 'Aleitamento Materno: presente saudável, futuro sustentável' - foto: divulgação

O tema desse ano é ‘Aleitamento Materno: presente saudável, futuro sustentável’ – foto: divulgação

Manaus se prepara para mais um Agosto Dourado com ações voltadas para o incentivo ao aleitamento materno, que este ano têm como meta sensibilizar a população para o conceito de desenvolvimento sustentável, ou seja, aquele que atende às necessidades do presente sem comprometer a possibilidade de gerações futuras atenderem a suas próprias necessidades. A abertura da Semana Mundial de Aleitamento Materno será na Maternidade Moura Tapajós, na Avenida Brasil, Compensa, às 9h.

O tema desse ano é “Aleitamento Materno: presente saudável, futuro sustentável”, e foi escolhido pela World Alliance for Breastfeeding Action (WABA) – rede mundial de organizações e indivíduos que acreditam que a amamentação é um direito de todas as mulheres e crianças e que se dedicam a proteger, promover e apoiar esse direito.

“O tema vai conduzir as ações de incentivo ao aleitamento materno em todo o mundo durante este ano e vamos trazer esses objetivos para nossa realidade”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto.

De acordo com o secretário, a ideia é discutir o tema em rodas de conversas a serem realizadas na maternidade da rede municipal, em unidades básicas de saúde e no conjunto de atividades de saúde promovidas em Manaus, considerando o conceito de ‘necessidade’, sobretudo as necessidades essenciais das pessoas pobres, que devem receber a máxima prioridade; e a noção das limitações que o atual estágio da tecnologia e da organização social impõe ao meio ambiente, comprometendo necessidades presentes e futuras.

Direcionando os debates, estarão os 18 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) apontados pela WABA a fim de alcançar a meta, entre eles a erradicação da pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares; erradicação da fome, de forma a alcançar a segurança alimentar e melhorar a nutrição; assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos. Também serão tratados o acesso à energia barata; o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável; a industrialização inclusiva; o estabelecimento de padrões de consumo e produção sustentável; o combate à mudança do clima; e o uso sustentável dos oceanos e das florestas, entre outros.

“Acreditamos que amamentar colabora muito para o desenvolvimento sustentável. Os objetivos deverão orientar as políticas nacionais de cada país e as atividades de cooperação internacional nos próximos 15 anos, sucedendo e atualizando os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio”, explicou Ivone Amazonas Marques Abolnik, chefe do Núcleo da Saúde da Criança e Adolescente da Semsa.

Segundo Ivone, o mês de agosto é conhecido como Mês Dourado porque é o mês que simboliza a luta pelo incentivo à amamentação. Recebe o nome de dourado pela cor estar relacionada ao padrão ouro de qualidade. Há vinte anos entre os dias 1º e 7 de agosto acontecem ações, no mundo todo, em prol da amamentação. “São dias de intensas atividades que buscam informar para empoderar e promover a amamentação exclusiva até o sexto mês de vida, complementando até os dois anos ou mais”, enfatizou Ivone Amazonas.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir