Dia a dia

Alunos e professores da UEA Parintins protestam contra situação da lixeira pública no município

A concentração está marcada para as 14h, em frente ao prédio do campus da UEA, - foto: Tadeu de Zouza

A concentração está marcada para as 14h, em frente ao prédio do campus da UEA, – foto: Tadeu de Zouza

Alunos da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) realizam na manhã desta terça-feira (10), em Parintins ( a 369 quilômetros de Manaus), uma manifestação contra a situação em que se encontra a lixeira pública do município.

“A UEA não consegue mais funcionar com a lixeira da forma que está”. A declaração é do diretor do Centro de Estudos Superiores da UEA de Parintins, David Xavier, confirmando que a entidade estará hoje nas ruas com seus alunos e professores para protestar.

Segundo o diretor, ontem (9) uma turma de alunos passou mal e os demais só conseguiram permanecer na sala de aula com máscaras, devido a fumaça no local.
O professor Eliseu Souza, um dos nomes mais respeitados da UEA, disse que a situação é tão grave que as pessoas não conseguem mais dormir nos bairros próximos ao lixão.

A manifestação será realizada pela parte da tarde. A concentração está marcada para as 14h, em frente ao prédio do campus da UEA, na estrada Odovaldo Novo, na Zona Leste da cidade.

“Nós precisamos ir ao extremo, porque as autoridades responsáveis pelo assunto estão fingindo que vão resolver a questão”, afirmou Eliseu.

Hoje pela manhã, o “Jornal da Alvorada”, noticioso veiculado nas emissoras católicas da diocese local, informou que um dos rapazes que aparece na imagem divulgada pela Secretaria de Limpeza Pública como um dos supostos causadores do incêndio de domingo esteve ontem na delegacia local para registrar um Boletim de Ocorrência contra a prefeitura de Parintins.

Trata-se do repórter-fotográfico Igor Santos, do jornal “Repórter Parintins”, que circula na cidade. Ele estava na lixeira registrando o incêndio no final da tarde de domingo em companhia de outro profissional da imprensa local.

Por Tadeu de Souza

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir