Sem categoria

Altas temperaturas e tempo seco exigem cautela com o uso de velas em cemitérios de Manaus no Dia de Finados

A intenção é trabalhar até às vésperas do Dia dos Finados para manter o mato baixo e diminuir os riscos de focos de incêndios - foto: divulgação

A intenção é trabalhar até às vésperas do Dia dos Finados para manter o mato baixo e diminuir os riscos de focos de incêndios – foto: divulgação

Por conta do tempo seco e das altas temperaturas que vêm sendo registradas em Manaus, o titular da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), Paulo Farias, recomendou na manhã desta terça-feira (20), em entrevista a uma rádio local, que a população tenha cautela com o uso de velas nos seis cemitérios da capital no Dia de Finados, comemorado em 2 de novembro, bem como nos demais dias que  antecedem a data.

Embora seja uma tradição entre os cristãos católicos o acendimento de velas para os seus entes falecidos, ele argumenta que, nesse período, o ato é também um risco, visto que a secretaria tem registrado diversos focos de queimadas nos cemitérios, o que tende a aumentar com a aproximação da data, que deve movimentar mais de 500 mil pessoas.

O secretário ressaltou que muitas pessoas põem as velas para queimar dentro das próprias caixas que servem de recipientes, que são de papelão e, portanto, de fácil combustão, o que aumenta o risco do fogo se alastrar.  “Uma situação como essa coloca muitas pessoas em risco, por isso é recomendado que se diminua o uso de velas e, se possível, que a pessoa fique no local até que elas acabem de queimar”, recomendou.

Limpeza 
A preparação dos cemitérios públicos urbanos de Manaus para o Dia dos Finados segue em ritmo acelerado. Mais de 120 trabalhadores Semulsp estão executando serviços de limpeza nos cemitérios Nossa Senhora Aparecida, no Tarumã, Zona Oeste, e São João Batista, no boulevard Álvaro Maia, Zona Sul. As ações incluem capinação, poda de árvores, coleta de resíduos e varrição.

A intenção é trabalhar até às vésperas do Dia dos Finados para manter o mato baixo e diminuir, assim, os riscos de focos de incêndios, causados pela exposição de velas acesas junto ao gramado seco.

“A limpeza nos cemitérios segue programação mensal, principalmente no Nossa Senhora Aparecida e São João Batista, que são os principais da cidade. Nesse período, aproveitamos o sol para realizar jardinagem e intensificar a capinação para receber a população”, explicou o subsecretário operacional da Semulsp, José Rebouças.
Por equipe EM TEMPO Online

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir