Sem categoria

Ajudante de pedreiro é assassinado após ser ameaçado por traficante, no bairro de Flores

A vítima vinha recebendo ameaças do traficante por mensagens porque não teria pago uma dívida - foto: Ana Sena

A vítima vinha recebendo ameaças do traficante por mensagens porque não teria pago uma dívida – foto: Ana Sena

Três homens em um veículo – modelo Siena vermelho de placa não identificada – abordaram o ajudante de pedreiro Rodrigo Mendes David,24, e o alvejaram com três tiros. O crime ocorreu na rua Francisco Bayma, bairro Flores, Zona Centro-Sul, por volta de 1h deste domingo (19). Para a família, Rodrigo foi assassinado por um traficante que vinha ameaçando Rodrigo há dez dias.

Conforme a mãe da vítima, uma doméstica de 48 anos que não quis ter o nome revelado por temer represálias, Rodrigo estava na esquina conversando com um amigo quando os suspeitos no veículo o abordaram. Em seguida, um dos homens baixou o vidro do carro e atirou mais de seis vezes, mas somente três atingiram o ajudante de pedreiro na cabeça, peito e costas. Após o crime, os atiradores fugiram.

“Antes de ser morto o meu filho ainda foi em casa dar um beijo no irmão mais novo e ver como eu estava. Cinco minutos depois que ele voltou para a esquina, eu ouvi os disparos”, relatou.

Ainda segundo a doméstica, a vítima vinha recebendo ameaças do traficante por mensagens porque não teria pago uma dívida. “O meu menino era usuário de drogas há três anos, mas eu não sei quanto ele estava devendo para esse traficante”, ressaltou.

A Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS) trabalha com a hipótese de acerto de contas oriundo do tráfico de drogas.

Por Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir