Dia a dia

Ajudante de cozinha é assassinado e tiros no Coroado

ajudante-de-cozinha---divulg

A irmã de Cristiano afirmou que ele não tinha passagem pela polícia e foi morto porque estava no lugar errado na hora errada – foto – divulgação.

No momento em que conversava com um amigo, na rua Girassol, bairro Coroado 2, Zona Leste, o ajudante de cozinha Cristiano de Oliveira Bruno, 28, foi assassinado por dois homens não identificados que estavam em uma motocicleta de modelo e placa não identificados.

O fato ocorreu por vota das 19h date domingo (7), e a vítima ainda chegou a ser levada ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Coroado, mas morreu minutos depois. Testemunhas relataram que os suspeitos chegaram atirando e acreditam que o alvo não era Cristiano.

À polícia, familiares do ajudante de cozinha relataram que ele passava uns dias na casa da avó e que tinha saído de casa a tarde para se encontra com alguns amigos.

Ainda segundo a família de Cristiano, o ajudante de cozinha estava sob efeito de bebidas alcoólicas quando foi baleado, mas não tinha brigado com ninguém e nem tinha envolvimento com o tráfico de drogas. Após o crime, os suspeitos fugiram em direção à rua Beira Rio.

A irmã de Cristiano afirmou que ele não tinha passagem pela polícia e foi morto porque estava no lugar errado na hora errada.

A Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o caso e trabalha com a hipótese de acerto de contas. A polícia informou que as imagens das câmeras de segurança de estabelecimentos comerciais próximo ao local do crime serão analisadas para ajudar na identificação dos suspeitos.

 

Por Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir