Dia a dia

Agricultor desaparece ao sair para caçar no interior do AM

Comunitários e bombeiros fazem buscas pela região de mata – Divulgação

O agricultor Adanilson Freitas da Silva, 48, está desaparecido deste o último sábado (4), após sair para caçar em uma área de mata, situada na comunidade São João Batista, localizada no km 48 da estrada de Itacoatiara (a 176 quilômetros de Manaus).

De acordo com a vizinha de Adanison, Rosenila de Souza, 46, o agricultor saiu para caçar pela manhã e não retornou mais. Homens do Corpo de Bombeiro de Itacoatiara e moradores da comunidade estão realizando buscas no local para encontrar Daniel. Entretanto, até o momento o homem não foi localizado.

“Na sexta-feira (3), ele foi caçar e matou um porco do mato e baleou outros. Quando foi no sábado, ele disse para mãe dele que iria voltar para mata, para ver se encontrava o porco baleado. Desde lá, ele não retornou mais. A mãe dele está desesperada. O meu marido que é presidente da comunidade e os outros moradores estão auxiliando os bombeiros nas buscas”, contou a mulher.

As buscas estão sendo feitas desde a noite de sábado. Rosenila reclama que apenas quatro bombeiros estão fazendo parte da equipe de resgate e o contingente seria insuficiente para vasculhar toda a área.

“É pouco bombeiro, se tivesse mais acho que ele já tinha sido encontrado. Os bombeiros ficam se reversando, vem quatro em um dia e outro quatros no dia seguinte. Hoje, ficou apenas um, os outros foram embora. Os moradores ficam até altas horas da noite dentro da mata procurando. Eles encontram rastros, mas até agora nada do Adanilson”, relatou.

A reportagem entrou em contato com o Corpo de Bombeiro Militar do Amazonas (CBM-AM), para obter informações sobre o resgate do agricultor. O CBM-AM informou, por meio da assessoria que “para buscas, resgate e salvamento em ambiente de selva, geralmente, é disponibilizada uma equipe de bombeiros militares especialistas nesse tipo de serviço, ou seja, os quatro servidores enviados para a missão de resgate são os melhores no que fazem”, destacou.

Além do mais, o CBM-AM reiterou que a equipe, sempre que chega ao local das buscas e assume a ocorrência, solicita apoio da da comunidade, com alguém que conheça bem a região, para que acompanhe o trabalho e indique trilhas, ou, onde a pessoa poderia entrar.

Por fim, o comunicado do CBM-AM destaca que “a 1ª Companhia Independente de Bombeiros Militares em Itacoatiara conta com apenas 19 Bombeiros, que se revezam em uma escala de 24×48 horas, para o atendimento naquele município”. E reforça que a corporação entende a aflição dos amigos e familiares, porém reforça que os bombeiros não medirão esforços para encontrar a pessoa desaparecida.

O homem, segundo Rosenila, era acostumado a caçar na região. No momento que desapareceu, Adanilson estava sozinho e armado com uma espingarda e um facão.

Mara Magalhães
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir