Economia

Agentes de endemias voltam aos seus cargos

Mandado favorável aos agentes deve sair nesta segunda-feira, segundo informou a Defensoria Pública – Foto: Divulgação

Mandado favorável aos agentes deve sair nesta segunda-feira, segundo informou a Defensoria Pública – Foto: Divulgação

Os 300 agentes de endemias afastados da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), desde junho de 2015, retornarão aos seus cargos durante a segunda semana o mês de março. A afirmação é do defensor público do Amazonas, Carlos Almeida Filho. Ele disse que a determinação da Justiça do Amazonas é que os agentes retornem aos seus cargos de forma imediata. O defensor caracterizou as demissões dos agentes como um ato de perseguição.

Carlos Almeida explicou que a decisão ocorreu na sexta-feira (4) e o mandado sai nesta segunda-feira (7) quando será estregue à FVS para fazer o tratamento com relação ao prazo de entrada. O defensor público explicou que espera que as ações sejam feitas de forma imediata, devido a multa aplicada pela Justiça do Amazonas, com acréscimos diários em caso de atraso.

“A Defensoria já está pleiteando extrajudicialmente o retorno dos servidores desde que foram desligados. A decisão do desligamento deles é absurda. Em tempos de chikungunya, dengue e zika, cortar servidores sem nenhum planejamento é complicado”, avaliou o defensor.

O aumento dos casos das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, segundo Carlos Almeida, teve um crescimento relativo após a saída desse quadro de servidores. Outra situação, afirmou o defensor, é que esses agentes não poderiam ser desligados. “Primeiro por que a leis os projete, segundo porque terminou no contraditório, ou o que houve efetivamente lá dentro foi perseguição”, apontou.

Os agentes de endemias pertenciam ao quadro da antiga Fundação Nacional de Saúde. O defensor observou que muitos deles já tinham mais de 15 anos de trabalho e com a saúde comprometida, devido ao uso de produtos tóxicos.

Serviço

O Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Amazonas (Sindsep-AM) convocou os agentes de endemias para uma Assembleia Geral, nesta segunda-feira (7), na Escola Superior da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (Rua 24 de Maio, 321 – Centro), às 10h. Em pauta estarão os detalhes da ação que garante o retorno deles ao trabalho.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir