Política

Aécio e Temer discutem em SP ‘agenda de emergência para o Brasil’

Segundo Aécio, a posição de Serra deve ser vista como "pessoal" e não do partido - foto: divulgação

Segundo Aécio, a posição de Serra deve ser vista como “pessoal” e não do partido – foto: divulgação

O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB) teve uma reunião privada, em São Paulo, com o senador Aécio Neves, presidente do maior partido de oposição ao governo Dilma Rousseff, o PSDB.

O encontro foi confirmado por Aécio, que disse ter debatido com Temer uma “agenda emergencial para o Brasil”. Reportagem publicada pela Folha de S.Paulo neste domingo revelou que o agravamento da crise envolvendo a gestão Dilma havia desencadeado negociações nesse sentido.

Aécio disse ter encontrado um vice “sereno e consciente do seu papel” e afirmou que o PSDB não fugirá “à responsabilidade” de contribuir com a estabilização do país, mas que as conversas com Temer não deverão se desenrolar em torno de “cargos”, mas de “propostas”.

“Estamos prontos para ajudar a construir uma agenda emergencial, uma agenda ousada”, afirmou.

Aécio sempre foi contra tucanos ocuparem cargos em um eventual novo governo. Ao ressaltar sua posição, ele envia um recado ao colega José Serra (PSDB-SP), que vem se colocando à disposição de uma gestão Temer.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir