Mundo

Adolescentes palestinos são mortos após atacarem soldados, diz Israel

israel-gaza

Desde o início de outubro, 169 palestinos e 26 israelenses morreram em mais uma onda de violência na região – foto – reprodução

O exército israelense anunciou neste domingo (14) que matou dois adolescentes palestinos que dispararam contra soldados judeus no norte da Cisjordânia ocupada.

“Dois palestinos com armas de fogo atacaram os soldados, que responderam e os mataram”, afirmou um porta-voz do exército de Israel.

O ministério da saúde da Palestina identificou os dois mortos, ambos de 15 anos.

De acordo com relatos, os dois jovens lançavam pedras em veículos que passavam por uma via. Quando as forças de segurança chegaram, um deles teria atirado nos soldados, que atacaram.

No sábado (12), uma mulher palestina foi morta após tentar esfaquear um soldado de Israel na Tumba dos Patriarcas, na Cisjordânia ocupada.

De acordo com o Exército de Israel, a mulher se aproximou de um dos soldados e tentou agredi-lo com uma faca, quando foi morta.

Desde o início de outubro, 169 palestinos e 26 israelenses morreram em mais uma onda de violência na região.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir