Dia a dia

Adolescente é raptado enquanto dormia e executado a tiros no Monte das Oliveiras

O adolescente Ivandrey Mendes Nascimento foi morto por um acerto de contas relacionado ao tráfico de drogas - foto: Janailton Falcão

O adolescente Ivandrey Mendes Nascimento foi morto por um acerto de contas relacionado ao tráfico de drogas – foto: Janailton Falcão

O adolescente Ivandrey Mendes Nascimento, 17, foi sequestrado enquanto dormia, levado para uma casa abandonada e executado a tiros, por três traficantes, um deles identificado apenas como “Augustinho”. O caso ocorreu na manhã de segunda-feira (3), na rua Crendiúva, bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte. A vítima chegou a ser socorrida e levada ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Galiléia, mas deu entrada já sem vida, na unidade hospitalar.

Conforme moradores do bairro, Ivandrey vinha sendo acusado de estuprar uma menina de 10 anos há cinco dias, além de estar sendo ameaçado de morte por traficantes do bairro que não queriam que o adolescente continuasse morando na área.

De acordo com um tio do adolescente, um churrasqueiro de 39 anos, que não quis ter o nome revelado por temer represálias, Ivandrey dormia de favor na casa de uma senhora, quando os suspeitos entraram no local e levaram a vítima pelo braço até a casa abandonada, na qual ele foi assassinado com tiros no pescoço e peito. Após o crime, os traficantes fugiram correndo. “Quando cheguei no local, estavam chamando meu sobrinho de Jack, que significa estuprador, mas esse estupro dessa menina aconteceu há alguns dias e segundo os familiares dela, nem eles mesmo sabiam quem havia violentado a garota”, relatou.

O churrasqueiro disse ainda que o adolescente era usuário de drogas há alguns anos e já tinha sido apreendido por tráfico diversas vezes. Ele informou ainda que na última sexta-feira (31), Ivandrey foi espancado por traficantes que o ameaçaram e ordenaram que ele se mudasse do bairro. “Não sei se ele estava envolvido com roubos ou furtos no bairro. O Ivandrey não tinha paradeiro certo. Depois que ele entrou nessa vida do crime, a família já não sabia notícias dele, então não podemos dizer se ele era inocente ou culpado desse estupro”, afirmou.

Policiais militares da 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) informaram que o caso de estupro ainda está sendo apurado e, possivelmente, o adolescente foi morto por um acerto de contas relacionado ao tráfico de drogas. O caso será investigado pela Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS). O AGORA tentou falar com moradores do bairro que possam ter testemunhado o crime, mas por temer os traficantes do local, ninguém se pronunciou.

Por Ana Sena do Agora

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir