Dia a dia

Adolescente agredido por população após assalto morre em hospital de Manaus

O jovem completou 18 anos no dia 9 de junho, em um leito do hospital  – Divulgação

O jovem Marlon Matos Pena, de 18 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira (23), após passar um mês internado no pronto-socorro João Lúcio. Segundo os familiares, Marlon era suspeito de ter participado de um roubo e foi espancado por moradores do Prosamim, do bairro São Raimundo, Zona Sul de Manaus.

O crime aconteceu no dia 23 de maio. Na época em que foi agredido e internado, Marlos tinha 17 anos, porém, completou a maioridade no dia 9 de junho, em um leito do hospital.

A prima da vítima, Gleice Kelly, 26, relatou que Marlon, no dia do crime, praticava assaltos pelo bairro, na companhia de dois homens, quando moradores da área reagiram e bateram no rapaz. Os outros dos suspeitos conseguiram fugir. “Não sabemos o porquê dele estar fazendo isso, ele não usava drogas. Infelizmente, teve a mente fraca e deixou ser influenciado pelas más companhias”, disse.

Gleice ainda informou que na última terça-feira (20) Marlon apresentou complicações devido a uma bactéria, após ter realizado uma cirurgia na cabeça. “Ele ainda apresentou uma reação, chegou até abrir os olhos e conversar com a gente, mas nesta semana, os médicos informaram que uma bactéria teria complicado os estado de saúde dele. Ele acabou não resistindo”, lamentou a prima.

O corpo do jovem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). O caso de linchamento deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Daniel Landazuri
EM TEMPO

 

 

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir