Sem categoria

Adiantamento do 13º vai injetar R$ 105 mi no Amazonas

 Comércio espera abocanhar parte do dinheiro que será adiantado aos beneficiários da Previdência Social – foto arquivo EM TEMPO

Comércio espera abocanhar parte do dinheiro que será adiantado aos beneficiários da Previdência Social – foto arquivo EM TEMPO

Aproximadamente R$ 105 milhões serão injetados na economia amazonense com o pagamento da primeira parcela do 13º salário paga pela Previdência Social . O adiantamento, previsto para o próximo dia 24, beneficiará quase 195 mil beneficiados no Estado.

Mantendo o que já havia acontecido em 2006, a Previdência Social adiantará na folha de pagamento dos benefícios previdenciários do mês de setembro a primeira parcela do 13º salário. A autorização para a antecipação do pagamento foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), no último dia 4, conforme o decreto presidencial nº 8.513/2015. Está será a décima vez consecutiva que a antecipação é garantida.

Apesar dessa renda extra, o economista Ailson Rezende afirmou que os beneficiários não devem fazer novas aquisições e agitar o mercado. Com base em pesquisa feita pela Federação do Comércio do Estado do Amazonas (Fecomércio), o especialista afirmou que esse dinheiro será utilizado, principalmente, para a quitação de contas ou guardado para utilizar no futuro.

“O governo federal vai disponibilizar essa primeira parcela. Teoricamente, isso vai dar uma força para a economia, mas quem tem dívida vai pagar e quem não tem vai guardar. O comércio não deve esperar esse dinheiro. As pessoas vão poupar o dinheiro. Só acontecerão gastos com bens essenciais”, explicou Rezende.

Seguindo a tendência da pesquisa, a aposentada Maria das Dores, 65, confirmou que utilizará essa renda extra para quitar algumas dívidas. Para a pensionista, esse dinheiro veio na hora certa. “Vou pagar minhas contas. Já fiz as contas e está tudo planejado. Agora, a segunda parcela, em dezembro, vai ser usada para fazer compras para casa. Essa vou gastar”, revelou.

Em todo o país, mais de 28 milhões de pensionistas vão receber o abono natalino. A soma gira em torno de R$16 bilhões. A antecipação, sem sua maioria, será de 50% do valor do beneficio. A única exceção será de quem começou a receber o beneficio a parte deste ano. Nesses casos, o valor será calculado proporcionalmente.

Essa parcela não será paga aos segurados que recebem benefícios assistenciais, ou seja, 4,5 milhões de pessoas.

Por Thiago Fernando

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir