Esportes

Acusado em escândalo de corrupção, presidente da Concacaf é extraditado

Alfred extraditado

A informação foi divulgada pelo FBI. Hawit se apresentará a um juiz federal de Nova York ainda nesta quarta. foto – divulgação

O presidente suspenso da Concacaf (entidade responsável pelo futebol nas Américas do Norte e Central e no Caribe) e vice-presidente da Fifa, Alfredo Hawit, foi extraditado para os EUA nesta quarta-feira (13).

A informação foi divulgada pelo FBI. Hawit se apresentará a um juiz federal de Nova York ainda nesta quarta.

O hondurenho foi preso em Zurique, na Suíça, em dezembro e está entre as dezenas de pessoas do mundo do futebol acusadas por recebimento de propina e lavagem de dinheiro. Ele foi suspenso do esporte por 90 dias.

Também foram indiciados na ocasião o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, e o ex-presidente da entidade Ricardo Teixeira.

Hawit inicialmente não havia concordado com a extradição, mas na semana passada as autoridades suíças informaram que o dirigente mudou de opinião quanto ao procedimento.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir