Dia a dia

Acusada de traição, mulher é espancada e mantida em cárcere privado por companheiro

O autor foi conduzido a Delegacia Especializada em Crimes Contra Mulher (DECCM) - foto: Arthur Castro

O autor foi conduzido a Delegacia Especializada em Crimes Contra Mulher (DECCM) – foto: Arthur Castro

Orlando Cipriano Junior, 31, espancou e manteve a companheira dele, uma mulher de 31 anos, em cárcere privado por nove horas na casa do casal. O fato aconteceu na madrugada de terça-feira (28), no bairro da Raiz, Zona Sul.

De acordo com a polícia, o suspeito chegou à casa embriagado e começou a espancar a mulher com tapas e murros no rosto, acusando-a de traição.

Conforme a Polícia Civil, a vítima dormia no momento em que Orlando chegou. A mulher ainda tentou acalmar o marido e negou que tivesse um amante, mesmo assim, o acusado desferiu vários socos e tapas no rosto dela. Em seguida, ele a amarrou na cama e a manteve em cárcere privado.

Policiais militares da 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) informaram que o pai de Orlando, ao visitar o filho, percebeu que a nora estava amarrada e com vários hematomas no rosto e ligou para polícia.

O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Crimes Contra Mulher (Deccm), onde o acusado foi autuado pelos crimes de agressão física e cárcere privado, onde foi estipulada uma fiança que ele não pagou. Orlando foi levado à cadeia pública, no Centro.

Por Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir