Economia

Acordo entre Caixa e Abraciclo deve aquecer produção de motos

O volume de produção do polo de duas rodas caiu 58,5% desde 2011 – Ione Moreno

O polo de duas rodas da Zona Franca de Manaus (ZFM) abriu caminho para o reaquecimento da atividade industrial do setor com a parceria firmada entre Caixa Econômica Federal e a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo). O acordo foi fechado ontem (17), em São Paulo e vinha sendo articulado pelo deputado federal Pauderney Avelino (Democratas).

O acordo de cooperação comercial envolve ações para fomentar o segmento e ofertar linhas de financiamento para aquisição de motocicletas. Segundo a Abraciclo, o volume de produção caiu 58,5% desde 2011, quando foram fabricadas 2.136.891 unidades. Neste período, o financiamento de motocicletas representava 55% das vendas, enquanto que em 2016, foi inferior a 35%.

Pauderney avaliou que a medida vem recuperar o tempo perdido da longa recessão que fez com que o segmento atingisse, em 2016, níveis de produção similares aos registrados no ano de 2002. O convênio deve trazer de volta a confiança dos investidores e a retomada do crescimento do polo de duas rodas da Zona Franca de Manaus, possibilitando que as empresas voltem a produzir e contratar mais.

“Ganha a produção da Zona Franca, ganha o comércio e ganha o consumidor, que vai poder encontrar linhas de crédito mais atrativas na compra da sua motocicleta”, declarou o deputado federal.

O presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, acredita que o acordo é uma conquista para o setor, que vinha sentindo a alta seletividade na oferta de crédito nos últimos anos. “A iniciativa vem num momento oportuno para estimular os negócios, ampliando a oferta de crédito para os consumidores, o que permitirá acesso ainda mais fácil para compra das motocicletas”, disse.

Fermanian acredita que o acordo é uma conquista para o setor, que vinha sentindo a alta seletividade na oferta de crédito nos últimos anos – Diego Janatã/Arquivo Em Tempo

Linhas de crédito

O vice-presidente de Estratégia de Produto e Varejo da Caixa em exercício, Humberto Magalhães, disse que o convênio é fundamental para o segmento, pois prevê ainda a disponibilização de linhas de crédito a concessionárias e indústrias. “Com esta parceria, a Caixa vai dar condições ainda melhores de financiamento para seus clientes que desejam adquirir motos, além de ofertar às concessionárias e fabricantes linhas de crédito mais atrativas, que contribuirão para o aquecimento do setor”, afirmou.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir