Mundo

Acordo de voos comerciais entre EUA e Cuba mantém proibição a turismo

 

cuba-eua-01

O acordo, no entanto, não derruba a proibição a cidadãos americanos de viajarem a turismo à ilha. foto: divulgação.

Os EUA e Cuba concordaram em retomar voos comerciais entre os dois países, confirmou oficialmente o Departamento de Estado americano nesta quinta-feira (17).

O acordo, no entanto, não derruba a proibição a cidadãos americanos de viajarem a turismo à ilha.

O anúncio acontece no aniversário de um ano da reaproximação entre os dois países. Os serviços aéreos de linha se encontravam suspensos desde a Guerra Fria.

Segundo a nota do Departamento de Estado, a nova determinação “vai continuar a permitir voos charter e estabeleces serviço aéreo de linha, o que vai facilitar o aumento das viagens autorizadas, ampliar as escolhas do viajante e promover relações pessoais entre os dois países”.

O presidente do EUA, Barack Obama, já havia reduzido as restrições a viagens de cidadãos americanos a Cuba em 2015, fazendo com que as visitas destes à ilha aumentassem 71% em relação ao ano anterior, segundo a Reuters. No total, desembarcaram 138.120 americanos até o fim de novembro.

Na terça-feira (15), o encarregado de negócios da embaixada americana em Havana, Jeffrey DeLaurentis, havia dito que os voos poderiam ser retomados até o fim do ano.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir