Dia a dia

Ações nas UBS’s de Manaus vão alertar sobre os riscos do diabetes

Todas as UBSs estão aptas a realizar o acompanhamento do usuário com diabetes - Marcos Santos

Todas as UBSs estão aptas a realizar o acompanhamento do usuário com diabetes – Marcos Santos

No período de 16 a 19 deste mês, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) irá promover atividades em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) para esclarecer à população sobre formas de prevenção e demais cuidados com O diabetes – disfunção metabólica crônica caracterizada pela elevação da taxa de glicose no sangue.

A abertura da campanha será nesta sexta-feira, às 9h, na UBS Leonor Brilhante, no bairro Tancredo Neves, Zona Leste, em alusão ao Dia Mundial do Diabetes, celebrado amanhã (14).  Na abertura serão oferecidos serviços como teste de glicemia, consulta médica para glicemia alterada, palestras educativas, orientação e avaliação neuromotora com os pés.

“As UBSs e parceiros promovem ações permanentes para chamar a atenção sobre estA doença, que tem números alarmantes de crescimento – 5,6% da população adulta brasileira já foi atingida por este grave problema de saúde. Em Manaus, temos 74 mil diabéticos. Nos esforçamos para combater a doença, produzindo cartilhas, álbuns seriados, folders e cartazes, além de realizar palestras educativas com foco na prevenção”, explicou o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto.

Todas as UBSs estão aptas a realizar o acompanhamento do usuário com diabetes. O tratamento é acompanhado por uma equipe multiprofissional e a medicação é ofertada nas UBSs e nas Farmácias Populares da rede. “O diabetes tipo 2, que pode ser prevenido, é responsável por mais de 90% dos casos da doença. Os problemas cardiovasculares, como infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral, são as maiores causas de mortalidade no diabético, o que pode ser evitado com a prevenção da doença”, destacou a chefe do Núcleo de Controle de Hipertensão e Diabetes, Sinara Mady Flores.

Crescimento

O Dia Mundial do Diabetes foi criado em 1991 pela Federação Internacional de Diabetes (cuja sigla em inglês é IDF), em parceria com a Organização Mundial de Saúde (OMS), como uma resposta ao crescente número de casos em todo o mundo. No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, são, aproximadamente, 14 milhões de diabéticos e aparecem 500 novos casos por dia.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir