Dia a dia

Ações de combate ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes são reforçadas em Manaus

Outras atividades irão acontecer pela cidade até sexta-feira (20), promovendo o debate sobre o assunto e a conscientização   com o tema "Calar é permitir, falar é combater" - foto: Joandres Xavier

Outras atividades irão acontecer pela cidade até sexta-feira (20), promovendo o debate sobre o assunto e a conscientização com o tema “Calar é permitir, falar é combater” – foto: Joandres Xavier

A data de hoje, 18 de maio, marca o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. O primeiro evento de abertura aconteceu na tarde desta quarta-feira (18), na Praça do Congresso, Centro, com apresentações culturais e abertura do debate feita pelas instituições responsáveis pela causa.  Outras atividades irão acontecer pela cidade até sexta-feira (20), promovendo o debate sobre o assunto e a conscientização   com o tema “Calar é permitir, falar é combater”.

A mobilização é realizada pela Secretaria de Estado de Justiça,  Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc).  De acordo com a titular Graça Prola,  no ano passado  foram registrados 918 casos de violência sexual contra a criança e o adolescente,  com predominância para estupro de vulnerável.  De 2014 para 2015 houve uma redução de 14% nos casos no Amazonas.  A vara de justiça especializada nesses casos mantém hoje ainda 1.909 processos em andamento.  Segundo ela, a maioria dos casos acontece dentro do ambiente familiar,  e os agressores ainda são em maioria parentes próximos.

A programação continua nessa quinta-feira (19) com ‘Cinema na Rua’ que acontece na Praça de Alimentação do bairro Jorge Teixeira 3,  a partir das 19h. E já na sexta-feira (20), acontece o 1° Pedágio Educativo,  que nada mais é do que atos públicos que serão realizados para promover a conscientização da população sobre o tema levando para as ruas,  em cinco pontos distintos de Manaus –  no Posto 700, na avenida Djalma Batista; no Boulevard, próximo ao cemitério São João Batista;  na avenida André Araújo, em frente o Fórum Henock Reis;  no Terminal de Integração 3, no Cidade Nova e na Rotatória do Produtor, na Zona Leste.

Para denunciar abusos sexuais contra crianças e adolescente ligue no Disk 100.

Por Joandres Xavier

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir