País

Acidente com ônibus deixa aos menos 15 mortos em estrada de Paraty

O acidente deixou 12 mortos - foto: reprodução

O acidente ocorreu no município de Paraty, na Costa Verde do Estado do Rio – foto: reprodução

 

Um acidente com um ônibus em uma estrada do município de Paraty (RJ) deixou ao menos 15 mortos, além de vários feridos, no início da tarde deste domingo (6).

Segundo um funcionário da Defesa Civil de Paraty, o ônibus seguia do centro de Paraty para Trindade, bairro a 32 km de distância.

No trajeto pela estrada de Trindade -uma via pública municipal- existe um trecho conhecido como Morro Deus Me Livre, assim chamado por ser uma estrada sinuosa e ladeada por abismos. Pousadas e hotéis da região alertam para o perigo de trafegar pela estrada.

Quase no trecho final, a aproximadamente três quilômetros de Trindade, o ônibus tombou no acostamento. A maioria dos passageiros era turistas. Fotos e vídeos publicados na internet mostram que grande parte dos passageiros era de jovens.

Em entrevista ao canal Globo News, o prefeito de Paraty, Carlos José Gama Miranda, afirmou que a estrada onde houve o acidente foi asfaltada há 12 anos e é muito íngreme. Segundo ele, estão estão sendo apuradas as causas do acidente e a expectativa era remover o ônibus da pista e liberá-la ainda neste domingo (6).

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil de Paraty e de cidades vizinhas como Angra dos Reis foram mobilizadas na operação de resgate.

Os feridos foram levados para o hospital municipal São Pedro Alcântara, cujo setor de emergência acabou tomado pelas vítimas do acidente. Em uma rede social, a Prefeitura de Paraty informou que ao menos 15 feridos eram atendidos no hospital da cidade. Além disso, vítimas foram levadas para hospitais em Angra dos Reis e Ubatuba.

Por volta das 17h, os corpos das vítimas que morreram no local do acidente permaneciam no trecho da estrada à esperada da chegada a perícia.

Reclamações

Moradores da cidade de Paraty criaram em 2013 uma página no Facebook para reclamar, segundo eles, da falta de manutenção com os ônibus da viação, que faz a ligação do centro de Paraty com o bairro de Trindade. Em sites de defesa do direito do consumidor também são constantes as reclamações contra a empresa.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir