Dia a dia

Academia híbrida ao ar livre é entregue na Zona Centro-Sul

Somente para 2017 há previsão de mais 39 espaços do gênero – Fotos: Divulgação

A prefeitura de Manaus entregou, na tarde desta quinta-feira (16), mais uma academia híbrida ao ar livre, desta vez na rua Perimetral com a rua 47, bairro Parque 10, Zona Centro-Sul. Agora já são 35 academias ao ar livre em toda a cidade.

Durante a inauguração o prefeito em exercício, Marcos Rotta, garantiu que Manaus continuará ganhando novos espaços voltados ao esporte e ao lazer. Somente para 2017 há previsão de mais 39 espaços do gênero, propostos por emendas parlamentares.

A área voltada à atividade física foi uma emenda parlamentar proposta pelo ex-vereador Luíz Neto.

“Essa é uma política iniciada pelo prefeito Arthur Neto que vai continuar porque demonstra muito respeito aos vereadores, não só aos que aí estão, mas também aos que já estiveram. O Luíz Neto foi vereador na legislatura passada e, mesmo assim, o prefeito fez questão de honrar a emenda. Valorizar o parlamentar é valorizar a representatividade popular”, disse Rotta.

De acordo com o secretário municipal de Juventude, Esporte e Lazer, Mário Barros, este ano serão mais 38 obras de instalação e construção de aparelhos esportivos e uma será para convênio também ligado a atividades esportivas.

“Eu não participei do pleito passado por estar à frente da Semjel, mas vejo nessa academia o legado que deixamos como parlamentar. Hoje viemos honrar esse compromisso com a comunidade e fico feliz por isso”, finalizou Luíz Neto, que hoje ocupa o cargo de subsecretário da Semjel.

A construção da academia vem valorizar uma área que estava sem utilização

Obra

A obra, orçada em R$ 94.926,05, ocupa um área de 80m². No local foi construído um piso em concreto, rampa para Portadores de Necessidades Especiais (PNE), sete aparelhos de ginásticas com placa explicativa para orientações de uso e bancos em concreto armado. Ao redor da academia foram implantadas calçadas e realizada a pintura e limpeza.

Para Paulo Henrique Gadelha, que mora no bairro há 37 anos, a construção da academia vem valorizar uma área que estava sem utilização e que agora pode transformar a vida dos moradores da localidade.

“Foi uma espera de muitos anos, agora é utilizar e cuidar bem desse espaço para que lá na frente possamos pleitear mais melhorias para o nosso bairro”, disse o morador.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir